João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 18.9ºC
Patos 23.07ºC
IBOVESPA 126548.34
Euro 5.9153
Dólar 5.4714
Peso 0.006
Yuan 0.7524
O luto em 2023: as personalidades que morreram no ano
29/12/2023 / 18:13
Compartilhe:

Independente de quando ou como, a morte sempre vai deixar uma lacuna, nos familiares e amigos. No casos das personalidades conhecidas, como  cantores, atores, humoristas e políticos, não só os parentes e amigos, mas todo o público fica abalado. Em 2023, o F5 Online fez a cobertura das celebridades que morreram, na Paraíba, no Brasil e no mundo, durante o ano. Confira:

 

Rita de Cássia

A compositora e cantora Rita de Cássia, conhecida por ser autora de clássicos do forró eletrônico como “Meu Vaqueiro, Meu Peão” e “Saga de Um Vaqueiro”, morreu na noite de uma terça-feira, dia 3 de janeiro, em Fortaleza. Ela estava internada em uma Unidade de Tratamento Intensiva (UTI) de um hospital privado. A artista lutava contra o diagnóstico de fibrose pulmonar.

Morre a cantora e compositora cearense Rita de Cássia, aos 50 anos. Foto: reprodução/ web

 

Roberto Dinamite

O maior ídolo da história do Vasco, Roberto Dinamite faleceu, às 10h50, do domingo, dia 8 de janeiro aos 68 anos. Ele vinha lutando contra um tumor no intestino desde o fim de 2021, teve uma piora no quadro e não resistiu.

Carlos Roberto Gama de Oliveira nasceu em 13 de abril de 1954, em Duque de Caxias (RJ). Mas Roberto Dinamite veio ao mundo em 25 de novembro de 1971, no Maracanã. Foi neste dia que o atacante, então aos 17 anos, recebeu o apelido que marcou sua trajetória depois de marcar seu primeiro gol pelo Vasco, na vitória por 2 a 0 sobre o Internacional.

Roberto Dinamite, o maior ídolo do Vasco, morreu em 2023 Foto: Reprodução/ge

 

Glória Maria

 

No inicio de fevereiro, morreu em uma quinta-feira, 02,  a jornalista Glória Maria. Ela estava internada desde o começo do ano devido ao tratamento de um tumor no cérebro. “É com muita tristeza que anunciamos a morte de nossa colega, a jornalista Glória Maria”, informou a TV Globo, em nota.

Glória foi diagnosticada com um câncer de pulmão em 2019. O tratamento com imunoterapia teve sucesso. Depois, ela sofreu metástase no cérebro, que também pôde, inicialmente, ser tratada com êxito por meio de cirurgia, mas os novos tratamentos não avançaram.

 

Morre Glória Maria, aos 73 anos. Foto: reprodução

 

Paulo Caruso

O famoso cartunista Paulo Caruso, tinha 73 anos. Ele morreu no dia 04 de março. Paulo estava internado em um hospital de São Paulo. Ele era um dos mais importantes chargistas do Brasil, unindo sátira e humor com a história política do país em seus desenhos.

Paulo José Hespanha Caruso nasceu em 6 de dezembro de 1949, na capital paulista. Ele é irmão gêmeo do também cartunista, Chico Caruso.

O famoso cartunista Paulo Caruso, tinha 73 anos. Ele morreu no dia 04 de março. Foto: reprodução/TV Cultura

Juca Chaves

 

Outro grande artista que nos deixou em 2023, foi o humorista e compositor, Juca Chaves. Ele morreu na noite de sábado, 26 de março, em Salvador. Aos 84 anos, Juca estava internado em um hospital da cidade.

A causa da morte não foi divulgada. Juca era músico e humorista. O artista nasceu em 22 de outubro de 1938, no Rio de Janeiro, mas há décadas morava em Salvador.

 

Juca era músico e humorista. Ele morreu em 2023. Foto: divulgação

 

Vovó Palmirinha

 

Vovó Palmirinha, conhecida nacionalmente como um dos marcos dos programas de culinária na TV, morreu no dia 07 de maio. A informação foi confirmada pela família dela via redes sociais.

“Ela estava internada na Unidade Paulista do Hospital Alemão Oswaldo Cruz, desde o dia 11 de abril”, diz a postagem nas redes sociais.

Palmirinha era um dos ícones dos programas culinários do Brasil e era chamada de vovó por muitos fãs. Ela tinha 91 anos.

 


Palmirinha era um dos ícones dos programas culinários do Brasil e era chamada de vovó por muitos fãs. Foto: redes sociais

Rita Lee

 

O sonho de Rita Lee era ser imortal, com saúde para gozar no final – mas, se por acaso morresse do coração, isso era apenas um sinal de que tinha amado demais. De qualquer forma, ela garantia: enquanto estivesse viva e cheia de graça, talvez ainda fizesse um monte de gente feliz. E, de fato, fez milhões de pessoas felizes, ao longo de uma vida abreviada aos 75 anos, no dia 7 de maio de 2023.

A rainha do rock brasileiro enfrentava um câncer.

 

Rita Lee – Foto: Marcus Leoni/Folhapress

Tina Turner

 

Outra rainha do rock, Tina Turner, morreu este ano morreu aos 83 anos. A morte foi confirmada pelo assessor dela no dia 24 de maio.  A causa da morte não foi divulgada, mas ela morreu “após uma longa doença” em sua casa na Suíça.

A cantora de sucessos como “What’s Love Got to Do with It”, “The Best” e “We Don’t Need Another Hero” se lançou em carreira solo nos anos 1980. Tina e o ex-marido, Ike Turner, que morreu de uma overdose de cocaína em 2007, fizeram sucesso no final dos anos 1960 e início dos anos 1970.

Tina Turner na casa dela na década de 1980 – Getty Images

 

MC Marcinho 

Em 26 de agosto, Marcio André Nepomuceno Garcia, o cantor MC Marcinho, morreu, após ser vítima de falência múltipla de órgãos. A informação foi confirmada pelo Hospital Copa D’Or, localizado na zona sul do Rio de Janeiro, onde o cantor estava internado para tratar uma cardiopatia e doença renal crônica.

Conhecido como o Príncipe do Funk, um dos maiores nomes da história do ritmo no Brasil tinha 45 anos e sofria de problemas no coração. Marcinho deixou três filhos.

 

Mc Marcinho. Foto: reprodução/ web

Robson Grace

 Robson Gracie morreu aos 88 anos. Ele foi um dos grandes expoentes da família Gracie e um dos maiores defensores e divulgadores do jiu-jítsu, além das artes marciais mistas (MMA), na sigla em inglês. Em vida, Robson recebeu a faixa vermelha de jiu-jítsu, nono e mais alto grau da modalidade. A morte dele aconteceu no dia 28 de abril.

 

Confira a matéria completa 

 

Robson Grace, morreu aos 88 anos. Foto: reprodução

 

Neusa Maria  

 

A atriz Neusa Maria Faro morreu, aos 78 anos, no dia 08 de julho. A causa da morte não foi divulgada.

Neusa ficou nacionalmente conhecida pela sua atuação em novelas, tendo passagens por diversas emissoras.

Na TV Globo, um de seus papéis de grande sucesso foi a personagem Divina Santini, em “Alma Gêmea” (2005). À época ficou conhecida pelo bordão “Oswaldo, não fale assim com a mamãe”, ao contracenar com Fúlvio Stefafini e Nicette Bruno.

Ainda na Globo, Neusa fez parte dos elencos de novelas como “O Profeta” (2006), “Caras & Bocas” (2009), “Morde & Assopra” (2011) e “Amor à Vida” (2013).

 

Atriz Neusa Maria Faro em cena de ‘Alma Gêmea’ – Foto: TV Globo

Tony Bennett

21 de julho, foi a data que marcou o fim da vida, aos 96 anos, do cantor Tony Bennett, ícone da música romântica e do jazz. A informação foi confirmada por Sylvia Weiner, nesta sexta-feira (21).

Tony Bennett é uma figura icônica na música romântica americana, famoso por suas interpretar o clássico “I Left My Heart in San Francisco”. Ao longo de sua carreira, ele lançou mais de 70 álbuns, ganhou 20 Grammys. o cantor já se apresentou com Frank Sinatra, Amy Winehouse e Lady Gaga.

Tony Bennett é uma figura icônica na música romântica americana, que morreu em 2023, aos 96 anos. Foto: Instagram

 

Aracy Balabanian

 

A atriz Aracy Balabanian faleceu aos 83 anos no Rio de Janeiro. Ela estava recebendo cuidados médicos na Clínica São Vicente, localizada na zona sul da capital fluminense, enquanto lutava contra um câncer no pulmão. O hospital confirmou o falecimento da artista; no entanto, os detalhes relacionados à causa da morte não foram divulgados.

Aracy Balabanian deixou papéis memoráveis em novelas e outras produções da TV Globo. Ela é lembrada especialmente por suas interpretações marcantes, como a personagem Cassandra na série “Sai de Baixo” e como Dona Armênia na novela “Rainha da Sucata”.

 

A atriz Aracy Balabanian faleceu aos 83 anos no Rio de Janeiro. Foto: divulgação

Walewska Oliveira

 

Na noite da quinta-feira, 21 de setembro, faleceu Walewska Oliveira, ex-jogadora e campeã olímpica de vôlei da seleção brasileira.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, a campeã olímpica do vôlei perdeu a vida ao cair do 17º andar de um edifício na região do bairro Jardins, em São Paulo.

Walewska Moreira de Oliveira foi uma jogadora brasileira de voleibol que desempenhava a função de central. Na Seleção Brasileira atuou durante dez anos. Foto: reprodução

 

Michael Gambon

O ator Michael Gambon, de 82 anos, conhecido por interpretar o personagem Dumbledore na saga “Harry Potter“, morreu no dia 28 de setembro.

A morte do artista foi confirmada pela família do ator, através de um comunicado.

 

Michael Gambon, destaque em Harry Potter. Morreu em 2023. Foto: reprodução

Lolita Rodrigues 

A atriz Sylvia Gonçalves Rodrigues Leite, também conhecida como Lolita Rodrigues, morreu na madrugada do domingo, 5 de novembro, aos 94 anos.

A artista estava internada em um hospital particular em João Pessoa, na Paraíba, devido a uma pneumonia. O óbito foi confirmado às 4h30

Lolita Rodrigues morava em João Pessoa. Foto: divulgação


Os conhecidos que morreram na Paraíba 

 

Manoel Júnior 

 

Prefeito de Pedras de Fogo, ex-vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior vinha fazendo um tratamento contra um câncer no pâncreas há quase um ano e deu entrada no hospital na Quarta-Feira de Cinzas, para realizar sessões de quimioterapia e radioterapia. No domingo, o quadro de saúde se agravou e ele foi transferido para a UTI. Na terça (28), o hospital emitiu uma nota confirmando a morte do político.

Manoel Júnior foi prefeito de Pedras de Fogo por três vezes, deputado federal por três mandatos, foi presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba (Famup) e também era médico.

Prefeito de Pedras de Fogo, Manoel Junior, morreu em fevereiro de 2023. Foto: divulgação

 

Cozinho Gadelha 

Outro político paraibano a nos deixar em 2023, ex-prefeito de Sousa, Nicodemos de Paiva Gadelha, aos 82 anos. Segundo a família, Cozinho Gadelha, como era conhecido, sofreu um infarto quando dormia em sua residência, no Centro da cidade.

Ele era médico e deixa três filhos, a odontóloga Ayla Gadelha, o ex-vice-prefeito e ex-vereador Thalles Gadelha e o atual vereador Cacá Gadelha. No dia 12 de abril de 2012, Cozinho havia perdido a esposa, Maria das Graças de Sá Gadelha.

 

Cozinho Gadelha, ex-prefeito de Sousa, morreu em 2023. Foto: divulgação

 

Augusto Bezerra 

 

Outro ex-prefeito que nos deixou em 2023, foi o de Bananeiras. Augusto Bezerra Cavalcanti Neto, faleceu em uma nesta segunda-feira, dia 10 de abril, aos 67 anos de idade, em decorrência de complicações causadas pelo câncer. Augusto era natural da cidade do Brejo paraibano e foi diretor da antiga Ceasa e do Banco do Nordeste, além de empresário no setor agropecuário.

O ex-prefeito assumiu a prefeitura de Bananeiras em três mandatos, sendo o primeiro em 1982.

Augusto Bezerra Cavalcanti Neto, faleceu em uma nesta segunda-feira, dia 10 de abril, aos 67 anos de idade, em decorrência de complicações causadas pelo câncer. Foto: reprodução/ redes sociais

 

Flavio Sátiro 

Morreu na manhã da sexta-feira, 13 de abril, Flávio Sátiro Fernandes, conselheiro emérito do Tribunal de Contas da Paraíba. Aos 81 anos, ele estava internado no Hospital Memorial São Francisco, em João Pessoa.

TCE teve a bandeira erguida a meio-mastro e emitiu nota lamentando a morte.

 

Morreu na manhã da sexta-feira, 13 de abril, Flávio Sátiro Fernandes, conselheiro emérito do Tribunal de Contas da Paraíba. Foto: divulgação

 

Josaildo Freiras 

 

O vice-prefeito de Damião, Josaildo Freitas, morreu no dia 14 de agosto, após um acidente de carro enquanto viajava do Piauí para a Paraíba.

O veículo estava sendo dirigido por um sobrinho do vice-prefeito, que sofreu ferimentos leves.

O vice-prefeito de Damião, Josaildo Freitas, morreu nesta terça-feira (15), após um acidente de carro enquanto viajava do Piauí para a Paraíba.
De acordo com as informações transmitidas pela Arapuan FM, o veículo estava sendo dirigido por um sobrinho do vice-prefeito. Foto: divulgação

 

Aluísio Regis 

O ex-prefeito do Conde, Aluísio Régis, morreu no dia 15 de setembro. Segundo relatos, o ex-prefeito foi encontrado desacordado pela esposa no banheiro de sua residência.

De acordo com familiares, ele apresentou complicações cardíacas nas semanas antes de falecer, principalmente após os reveses políticos sofridos nos últimos anos.

Aluisio Regis, ex-prefeito de Conde. Foto: Instagram

 

Nego Chico

O ex-prefeito de Pombal, Francisco Queiroga Sobrinho, mais conhecido como Nego Chico,faleceu no domingo, dia 15 de outubro, em um hospital de João Pessoa, vítima de problemas cardíacos e renais.

O corpo do ex-gestor foi velado no sítio Águas Belas, zona rural de São Domingos, onde morava.

 

Ex-prefeito de Pombal, Nego Chico morre aos 78 anos – Imagem: Reprodução

Wellington Farias

 

O jornalista Wellington Farias morreu no dia 16 de outubro.O comunicador travava uma batalha contra o câncer. A doença tinha atingido diversos órgãos.

Conhecido como língua de tesoura, Wellington teve passagem por diversos veículos de comunicação, a exemplo do Jornal Correio da Paraíba, TV Correio e Rádio Correio FM e Arapuan FM.

 

Jornalista paraibano Wellington Farias morre aos 67 anos em João Pessoa

 

Zelita Calixto

 

Morreu no dia 19 de novembro, em Campina Grande, aos 76 anos, a compositora e cantora Zelita Calixo. Ela estava na UTI do Hospital de Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes e o óbito foi confirmado por volta das 7h.

 

Felipe Pato

No dia 5 de dezembro, morreu em João Pessoa, Felipe Pato, personagem bastante conhecido da televisão paraibana. Pato sofreu um infarto durante a manhã. O sepultamento será na tarde desta quarta-feira (06), no cemitério de Cruz das Armas.

Felipe Pato teve atuação em vários programas de televisão da TV Correio, principalmente no Correio Manhã.

Felipe Pato, morreu em dezembro de 2023. Foto: reprodução/ tv correio

 

Erandir Montenegro 

 

Morreu, aos 77 anos, o ex-treinador do Botafogo-PB e do Treze, Erandir Pereira Montenegro. A morte foi confirmada pelo presidente da Federação Norte-Rio-Grandense de Futebol, José Vanildo, nesta quinta-feira (7).

O paraibano Erandir lutava contra o câncer, porém não resistiu e veio a falecer no dia 07 de dezembro.

 

Erandir foi revelado pelo Campinense e passou por clubes como Central, Santa Cruz, Vasco e até o Porto, de Portugal. Na carreira como treinador, liderou o Botafogo-PB durante a temporada de 1984, conquistando o título do Campeonato Paraibano em 1989. Foto: reprodução