João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 21.68ºC
IBOVESPA 127411.55
Euro 5.5581
Dólar 5.1225
Peso 0.0058
Yuan 0.7076
Operação nacional da PF contra pedofilia cumpre mandados em quatro cidades paraibanas
23/11/2023 / 08:48
Compartilhe:

A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira  (23/11) a operação “Harpia”, com cumprimento de mandados de prisão, busca e apreensão em 24 estados brasileiros e no Distrito Federal.

A operação nacional visa a prisão de suspeitos de crimes sexuais contra menores e o resgate de vítimas, e está a cargo da Coordenação de Repressão a Crimes Cibernéticos Relacionados ao Abuso Sexual Infantojuvenil, da Polícia Federal. Segundo a PF, os alvos agiam,  principalmente, na internet.

Na Paraíba, foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão e um mandado de prisão preventiva, nas cidades de Santa Rita, Queimadas, Campina Grande e Patos.

Durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão em Santa Rita, foi registrado um flagrante por armazenamento de conteúdo.

Em Queimadas e Campina Grande houve somente o mandado de busca e apreensão cumprido, sem flagrante.

Uma prisão preventiva em Campina Grande foi cumprida. Já o mandado de busca e apreensão em Patos foi cumprido, mas não houve prisão em flagrante.

O trabalho policial é fruto de investigação iniciada na Diretoria de Combate a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, onde foi realizada a análise de notícias de crimes relacionadas ao abuso sexual infantojuvenil on-line. Foram produzidos os relatórios de análise para que as unidades regionais da PF dessem prosseguimento às investigações, com o cumprimento das medidas cautelares no âmbito de uma operação em todo o Brasil.

De acordo com a PF, em tese, os investigados responderão pelos crimes de armazenamento, compartilhamento e produção de material de abuso sexual infantil e estupro de vulnerável.