João Pessoa 28.13ºC
Campina Grande 25.9ºC
Patos 33.58ºC
IBOVESPA 126497.52
Euro 5.9102
Dólar 5.4576
Peso 0.0059
Yuan 0.7508
Paraiba realiza Campanha com vacinação antirrábica e feira de adoção
16/12/2023 / 18:25
Compartilhe:

O Governo da Paraíba, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (SES), promoveu, neste sábado (16), o Dia D da Campanha Dezembro Verde, mês de conscientização e combate ao abandono  e maus-tratos contra animais. A ação, realizada na Praça do Coqueiral, em Mangabeira, reuniu cuidadores, tutores, protetores independentes e apoiadores da causa animal, disponibilizando testes rápidos de leishmaniose, feira de adoção, vacinação antirrábica e vermifugação para cães e gatos.

A ação foi executada pela Gerência de Políticas Públicas da Causa Animal em parceria com a Gerência de Vigilância Ambiental e Zoonoses de João Pessoa. Para a gerente de Políticas Públicas da Causa Animal da SES, Fabíola Rezende, o evento cumpriu o objetivo de levar serviços importantes para os animais e seus cuidadores e protetores. “Conseguimos realizar um evento muito importante para a causa animal, onde foi possível ofertar serviços essenciais para os animais e para quem cuida deles, como o teste rápido de leishmaniose e a vacinação contra raiva. Foi um dia significativo para nós da gerência e seguiremos com esse trabalho, promovendo essas e outras ações que visem assegurar os direitos dos animais e assistência a quem se dedica a cuidar deles”, pontuou.

O abandono de um animal pode provocar desequilíbrio ecológico e ser vetor para doenças. Para combater o abando de animais, que é crime, é preciso conscientizar cada vez mais toda a população no cuidado dos animais e, principalmente, enfatizar que a adoção tem ser responsável.

Protetora de animais independente há mais de 10 anos, Thaís Nascimento, 45, balconista, contou que o amor pelos animais sempre esteve presente em sua vida, desde a infância. Hoje, são 10 animais morando com ela em casa. “Sempre cuidei dos meus e os de outras pessoas que abandonavam. Cheguei a ter 23 animais, mas hoje, cuido em minha casa de 10. E é muito bom participar de um evento como esse, que oferece gratuitamente tantos serviços que, normalmente, a gente precisa pagar”, explicou.

Apesar de envolver muita responsabilidade  e cuidados, ser tutor de um animal de animal pode trazer benefícios  no bem-estar para algumas famílias, como é caso da comerciante Rosilene Cardoso, 50. Para ela, com a adoção responsável, tanto ganha o animal que terá um novo lar, quanto as famílias que levarão muito amor para suas casas.

“O apelo que a gente faz é que as pessoas adotem, mas adotem com responsabilidade. Tanto animal sofrendo nas ruas, é importante que a gente adote com o coração”, enfatizou.

Na Paraíba, atualmente, cerca de 80,5 mil cachorros e gatos vivem em situação de rua. Para melhorar esse cenário e garantir o bem-estar animal, o estado lançou este ano o programa Paraíba Pet, proporcionando, assim, ações para melhoria de vida dos animais.Eu