João Pessoa 28.13ºC
Campina Grande 23.9ºC
Patos 31.57ºC
IBOVESPA 121920.88
Euro 5.7271
Dólar 5.2585
Peso 0.0059
Yuan 0.7262
Paraíba teve sexta maior taxa de vacinação contra a Covid-19 no 1º trimestre de 2023
25/05/2024 / 14:26
Compartilhe:
Vacinação contra covid-19


O estado da Paraíba alcançou a sexta colocação no ranking nacional de vacinação contra a Covid-19, de acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em parceria com o Ministério da Saúde. O levantamento, divulgado nesta sexta-feira (24), mostrou que quase 3,6 milhões de paraibanos, na faixa etária acima de cinco anos idade, já tomaram pelo menos uma dose do imunizante.

A pesquisa aponta que a taxa registrada pelo estado é superior às médias nacional (93,9%) e regional (94%), e corresponde a 95,1% da população dessa faixa etária, sendo a 6ª maior entre as Unidades da Federação. O percentual da população masculina que declarou ter tomado pelo menos uma dose da vacina foi de 94,6%, enquanto em relação às mulheres, esse número foi maior, tendo alcançado 95,7%.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Jhony Bezerra, a Paraíba alcançou essa posição devido aos esforços realizados pelo Governo do Estado, por meio da SES, em parceria com os municípios, junto ao Conselho de Secretarias Municipais de Saúde da Paraíba (Cosems). Ele destaca, principalmente, as ações do programa Vacina Mais Paraíba.

“Essa iniciativa vem contribuindo, desde o ano de 2022, com o fortalecimento da proteção coletiva da população e ampliação das coberturas vacinais, onde já realizamos diversas ações junto ao municípios, incluindo capacitação de profissionais – tanto agentes de saúde quanto os que atuam nas salas de vacinas, com o objetivo de facilitar a busca ativa dos não vacinados e as boas práticas de vacinação; mais de 17 “Dias D’s” estaduais que resultaram em mais de 1 milhão e 200 doses de vacinas aplicadas, entre Covid-19, Dengue e Influenza”, explicou.

O gestor reforçou que o incentivo instituído pelo Governo do Estado para que os municípios conseguissem atingir a cobertura vacinal na Campanha de Influenza, foi outra importante ação realizada na Paraíba. “Nós avançamos muito nas últimas campanhas de influenza, com o incentivo (R$300 no ano passado e R$ 500 este ano) estabelecido pelo governo do Estado, foi possível atingirmos o segundo lugar na campanha de 2023 e agora, em 2024, conseguimos alcançar o primeiro lugar no ranking nacional. Também alcançamos o primeiro lugar na última campanha contra poliomielite, isso é reflexo do aumento das nossas coberturas vacinais. Dessa forma, estamos chegando ao objetivo primordial que é proteger a população paraibana contra as doenças que são prevenidas por vacina”, reforçou.

Considerando o cenário epidemiológico, o levantamento coloca a Paraíba também na sexta posição de menor taxa por confirmação da Covid-19. De acordo com os dados, 19,3% da população paraibana 5 anos ou mais de idade contraiu a doença pelo menos uma vez, em comparação aos outros estados, essa é 6ª menor taxa do país. A pesquisa constatou, ainda, que 22,1% de pessoas com idade entre 18 anos ou mais, declararam ter testado positivo ou ter tido diagnóstico médico de infecção por COVID-19 e que 21,8% dos adultos que tiveram Covid-19 apresentaram sintomas após 30 dias do início da doença, a 7ª menor taxa do país.