26.1 C
João Pessoa
20.9 C
Campina Grande
19.5 C
Brasília

PBGÁS tem novo diretor técnico comercial

Odilson Nóbrega tem 25 anos de experiência no setor de gás e energia, tendo assumido cargos de diretoria e gestão executiva desde 1997.

O economista Odilson Nóbrega assumiu o cargo de diretor técnico e comercial da PBGÁS em reunião do Conselho de Administração da companhia realizada no último dia 17 de março.

Indicado pelo acionista Gaspetro, Odilson tem 25 anos de experiência no setor de gás e energia, tendo assumido continuamente cargos de diretoria e gestão executiva desde 1997, com grande experiência nas áreas de governança corporativa e gestão de participações societárias, tendo atuado como conselheiro de administração em companhias de energia e de gás natural no país.

Leia Também

Odilson Nóbrega tem formação em Ciências Econômicas pela Universidade Federal Fluminense, mestrado em Economia também pela UFF e MBA em Direito da Economia e da Empresa pela FGV.

Além disso, tem certificação em GRC (Governança, Risco e Compliance) pela Risk University, tendo ocupado entre 2016 e 2019 a Gerência de Riscos Corporativos na BR Distribuidora.

Entre julho de 1997 e março de 2001 ele ocupou o cargo de diretor técnico e comercial da Companhia de Gás de Alagoas (ALGAS), tendo sido responsável pela ligação do primeiro posto de GNV em Maceió e pela elaboração do plano diretor de expansão da rede de gás natural, que tornou a ALGÁS a primeira empresa do nordeste a atuar no mercado de varejo (residencial e comercial).

Com a mudança, a Diretoria Executiva da PBGÁS passa a ser formada pelo diretor presidente, Jailson Galvão, pela diretora administrativa financeira, Taciana Amaral e pelo diretor técnico comercial, Odilson Nóbrega.

Odilson assume a função em substituição a Paulo Campos, que passou 2 anos e meio na companhia e do conselheiro Marcus Peçanha, que ocupou interinamente a pasta por alguns dias.

O novo diretor técnico comercial da PBGÁS afirmou que assume a função com o objetivo de contribuir para a expansão do gás natural canalizado no estado, focando no primeiro momento em implementar o planejamento estratégico 2020 a 2025 da companhia.

“Também pretendemos aprofundar a cultura de SMS e o gerenciamento de riscos nos negócios da companhia, pois considero a PBGÁS uma empresa que tem tudo para ser um exemplo de gestão na atuação ambiental e governança”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

ENQUETE F5: Se as eleições fossem hoje Pedro Cunha Lima seria o novo governador da Paraíba

O programa F5 da Rádio POP FM realizou uma enquete com os ouvintes e expectadores que acompanharam a transmissão pelo YouTube da edição desta...

15 possíveis temas de redação para o Enem 2022

O Portal Nacional da Educação divulgou uma lista com os possíveis temas de redação para as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem),...

7 carros que serão lançados no Brasil ainda em 2022

Mesmo com restrições causadas pela pandemia, 2021 teve lançamentos “de peso” ao longo do ano, como os SUVs Fiat Pulse, Toyota Corolla Cross, Jeep...

Palco desaba e deixa formandos de medicina feridos na Grande João Pessoa

Duas  pessoas  foram socorridas com traumatismo craniano encefálico (TCE) após parte da estrutura de um palco desabar, no final da tarde deste sábado (21),...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#