João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 21.89ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.816
Dólar 5.425
Peso 0.006
Yuan 0.7476
Polícia de PE prende três suspeitos do assassinato de juiz em Jaboatão dos Guararapes
24/10/2023 / 08:41
Compartilhe:

A Polícia Civil de Pernambuco prendeu nesta segunda-feira (23) três homens suspeitos de envolvimento na morte do juiz Paulo Torres Pereira da Silva, de 69 anos, assassinado na semana passada quando dirigia o próprio carro em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife.

De acordo com apuração da TV Jornal, os três homens suspeitos de matar o juiz estavam em uma casa no bairro de Gaibu, no Cabo de Santo Agostinho, cidade que também fica na Região Metropolitana do Recife.

Um carro de cor vermelha que teria sido usado no crime foi encontrado pelos policiais com os suspeitos e já está no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para ser periciado.

Segundo as primeiras informações, os três homens disseram em depoimento à Polícia que o crime foi um latrocínio, ou seja, que a morte do juiz aconteceu durante uma tentativa de assalto.

Ainda conforme apurou a TV Jornal, o delegado que investiga o caso não acredita na versão de latrocínio. Fontes dos investigadores dizem que o juiz Paulo Torres teria conversado com homens, que podem ser os suspeitos, minutos antes de ter sido assassinado.

As identidades dos suspeitos ainda não foi revelada, mas as imagens dos suspeitos mostram que são homens aparentemente bem jovens.

Pouco antes das 8h desta terça-feira, os suspeitos foram levados ao Instituto de Medicina Legal (IML) para realização de exame de corpo de delito. Em seguida, serão levados para audiência de custódia.

Quem era Paulo Torres

Dos 69 anos de idade, Paulo Torres Pereira da Silva trabalhou como juiz durante 34 anos. Ele chegou a ser desembargador substituto do Tribunal de Justiça de Pernambuco. Querido pelos conhecidos, era chamado de “Paulão” pelos amigos. Ele atuava na 1ª instância, na 21ª Vara Cível da Comarca do Recife.

O assassinato

O assassinato de Paulo Torres aconteceu na Rua Maria Digna Gameiro, no bairro de Barra de Jangada, em Jaboatão dos Guararapes, cidade vizinha ao Recife.

A Polícia Militar informou que foi acionada às 20h30 para um crime de homicídio. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi ao local, mas o juiz Paulo Torres morreu no local.

Paulo Torres dirigia o próprio carro, que foi cercado pelos criminosos. Testemunhas dizem que os bandidos estavam em um carro ônix de cor vermelha.

Os criminosos efetuaram vários disparos contra o carro e, em seguida, fugiram do local.

Até o momento também não há informações sobre o que teria motivado o crime contra o juiz. Paulo Torres era magistrado havia 34 anos e chegou a ser desembargador substituto.

Com informações do Jornal do Commercio