João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 22.92ºC
IBOVESPA 120261.34
Euro 5.8128
Dólar 5.4232
Peso 0.006
Yuan 0.747
Polícia Federal fiscaliza obras em Campina Grande para coibir contratação de segurança clandestina
16/04/2024 / 12:22
Compartilhe:
Operação “Segurança Autorizada” visa coibir o uso de empresas de segurança clandestinas no estado – Imagens: divulgação/`PF

A Polícia Federal deflagrou na manhã da última sexta-feira (12/04) uma operação policial que visa a repressão das atividades de segurança privadas sem a devida autorização da PF.

Foram fiscalizadas obras do Hospital de Clínicas e do Centro de Convenções de Campina Grande, no Agreste paraibano, e em ambos os canteiros de obras foi constatada a presença de segurança patrimonial irregular.

Com a comprovação das irregularidades, os policiais encerraram as atividades nos dois locais, tendo sido autuadas a empresa contratante e a empresa contratada, e paralisados os serviços.

No mesmo dia, de acordo com a PF, a construtora substituiu a empresa irregular por uma empresa especializada e com autorização de funcionamento emitida pela Polícia Federal, como exige a Lei nº 7.102/83.

A Polícia Federal orienta que, antes de contratar, certifique-se de que a empresa está autorizada a desempenhar o serviço. O serviço de segurança e vigilância patrimonial, armada ou não, exige autorização legal para o seu funcionamento. Empresas irregulares que fazem escolta armada têm responsabilidade criminal por porte ilegal de armas, de acordo com a Lei 10.826/03, caso forneçam ou permitam o uso de armas de fogo pelo trabalhador irregular. As fiscalizações irão continuar abrangendo todo o Estado“, afirma nota da operação divulgada pela Polícia Federal na Paraíba.

Receba as notícias do F5Online no WhatsApp