João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 21.9ºC
Patos 21.88ºC
IBOVESPA 127411.55
Euro 5.5664
Dólar 5.1442
Peso 0.0058
Yuan 0.7101
Polícia investiga morte de dois médicos em Campina Grande
07/05/2023 / 18:00
Compartilhe:

 A Polícia Civil da Paraíba está investigando a morte de dois médicos encontrado mortos em seus respectivos apartamentos, um no Centro e outro no bairro do Catolé, em Campina Grande.

Um deles era cirurgião e tinha 32 anos de idade, já o outro, recém formado, tinha 29.

Segundo as primeiras informações da Polícia Civil, Diego Henrique Silva, de 29 teria inalado uma substância tóxica que danificou as vias aéreas e os pulmões. A polícia informou ainda que há marcas semelhantes a queimaduras no corpo da vítima.

A polícia busca saber se mais alguém esteve no apartamento do médico. Para isso, os investigadores ouviram funcionários e moradores do condomínio e estão analizando imagens de câmeras do circuito de monitoramento.

Diego Henrique tinha se formado há poucos dias, segundo a família. Ele era natural do município pernambucano de Santa Cruz do Capibaribe, e chegou a prestar serviços recentementre no Intituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), em Campina Grande.


Caso parecido 

Outro caso semelhante também aconteceu neste sábado (7). José Roberto de Souza Bezerra, de 32 anos,  era médico cirurgião e também foi encontrado morto em seu aparatamento em Campina Grande.

Leia também: Médico é encontrado morto dentro de apartamento em Campina Grande

Ele  era natural de Cajazeiras e atuava no hospital de trauma de Campina Grande. Em nota, o Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba (CRM-PB) lamentou o falecimento do profissional de saúde.

“Neste momento de tristeza, o CRM-PB presta solidariedade e condolências aos familiares e amigos”, diz trecho de nota divulgada pela instituição.