João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 21.11ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.7331
Dólar 5.4201
Peso 0.0059
Yuan 0.7471
Policial baleado pelo filho em Patos deixa hospital e pode ficar paraplégico
09/04/2022 / 14:12
Compartilhe:

O sargento reformado da Polícia Militar baleado pelo filho de 13 anos, que matou a mãe e o irmão mais novo em Patos, no Sertão paraibano, recebeu alta do Hospital de Trauma de Campina Grande neste sábado (9).

Ele estava internado na unidade desde o dia 19 de março e ainda não apresenta sensibilidade nos membros inferiores, conforme o cirurgião geral Caio Guimarães.

“Os membros inferiores ainda se encontram sem sensibilidade motora e sensitiva. Não movimenta e nem sente as pernas”, explicou.

De acordo com o médico, ele será acompanhado pela fisioterapia, enfermagem e neurologia e realizará avaliações mensais para verificar a evolução do quadro de saúde.

Entenda o caso

O crime aconteceu no dia 19 de março. Na ocasião, o adolescente teria atirado contra os pais e o irmão dentro da residência deles. A mãe e o irmão de 7 anos morreram ainda no local.

Em depoimento à Polícia Civil, o adolescente confirmou a autoria do crime e afirmou que estava sendo pressionado por boas notas na escola. Conforme ele, os pais atribuíram o mau desempenho ao jogo virtual.

Após decisão da justiça, o jovem foi internado provisoriamente por 45 dias no Centro Socioeducativo de Sousa, também no Sertão do Estado.