João Pessoa 27.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 30.43ºC
IBOVESPA 124495.68
Euro 5.6119
Dólar 5.1718
Peso 0.0058
Yuan 0.7138
Pollyanna Dutra destaca desempenho do PAA Leite na Paraíba
23/02/2024 / 07:08 / Redação
Compartilhe:
Secretária se reuniu com secretários e coordenadores de assistência social de todo o Brasil, nesta quinta (22)

A secretária de Estado do Desenvolvimento Humano, Pollyanna Dutra, participou, nesta quinta-feira (22), da reunião de avaliação de desempenho do Programa de Aquisição de Alimentos, na modalidade Leite (PAA-Leite). O evento, que contou com a presença do ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias, aconteceu na Esplanada dos Ministérios, em Brasília-DF, e reuniu representantes de todas as secretarias de assistência social do Brasil.

Para a secretária, a avaliação de desempenho reforça a importância dos convênios do programa em todo Brasil, em especial na Paraíba, de modo a garantir a segurança alimentar e nutricional de quem se encontra em insegurança alimentar e nutricional. “A modalidade de convênio e aditivo do programa, que debatemos e avaliamos durante essa rica agenda, denota a importância e a grandeza dessa ação, que faz a diferença nas vidas das famílias. O PAA-Leite atua garantindo a segurança alimentar e nutricional ao redor de todo o país, tendo em vista que o leite é um dos alimentos mais completos que existem”, explicou.

Secretária de Estado do Desenvolvimento Humano da Paraíba, Pollyanna Dutra e o ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome, Wellington Dias

O PAA Leite é um programa do governo federal, em parceria com o governo estadual, executado por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Humano (SEDH), que compra de pequenos produtores e distribui para a população mais vulnerável na Paraíba. A ação contempla 83 cidades no estado e atende as famílias vulneráveis com até 7 litros de leite por semana.

“É uma iniciativa incrível. Além de assegurar alimento na mesa, nós fomentamos a produção no campo e aquecemos os circuitos econômicos locais. Todo mundo sai ganhando”, completou Pollyanna.