João Pessoa 25.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 23.01ºC
IBOVESPA 124388.62
Euro 5.616
Dólar 5.2864
Peso 0.0061
Yuan 0.7303
Por que celulares esquentam com frequência e como evitar?
23/03/2024 / 17:50
Compartilhe:
Foto: Shutterstock

Por que o celular esquenta?

O superaquecimento do celular ocorre por conta da liberação de energia no aparelho. Isso acontece em razão de fatores específicos, como o carregamento da bateria, ou por fatores externos, como deixar o celular no sol ou usar uma capinha que não areja bem o aparelho. O calor exagerado que está fazendo nessa onda de aquecimento global pode ainda estimular que o seu smartphone apresente esse problema.

Quando o aparelho começa a esquentar demais, isso pode afetar a sua eficiência. “Normalmente componentes eletrônicos funcionam melhor em baixas temperaturas, uma vez que a diminuição da temperatura melhora a condutividade elétrica. Porém, a elevação da temperatura ambiente como tem acontecido parece não atingir níveis comprometedores para integridade de aparelhos telefônicos”, explica Thompson Reis, coordenador de pesquisa, design e inovação em materiais do Centro de Inovação e Tecnologia do Senai-MG.

Dentre as situações que podem levar ao aquecimento anormal do celular, estão;

  • Bug no sistema operacional;
  • Ligações telefônicas muito extensas;
  • Papel de parede com animação 3D;
  • Problema na bateria;
  • Presença de vírus no celular;
  • Apps muito pesados;
  • Bluetooth ligado enquanto não está sendo usado;
  • Carregamento rápido do celular;
  • Versão desatualizada do sistema operacional;
  • Componentes internos com erros;
  • Gravar vídeos em alta resolução por tempo prolongado;
  • Rodar jogos muito pesados.

Por isso, o ideal é tomar algumas atitudes que ajudem a preservar a temperatura baixa nos componentes, prevenindo problemas mais graves.

O que fazer quando o celular está muito quente?

Para começar, é importante saber detectar quando a temperatura está muito alta. Isso acontece quando o smartphone está marcando acima de 43°C (o ideal, segundo os especialistas, é que o aparelho esteja entre 37°C e 43°C).

Para verificar a temperatura, há aplicativos disponíveis que se prestam a essa função, como o Cooling Master e o CPU-Z.

Ao notar que seu celular está com a temperatura muito alta, tente realizar as ações abaixo:

Desabilite as funções ativas

Pode ser que seu celular esteja aquecendo porque ele está desempenhando muitas funções em segundo plano, sem que você saiba. Verifique nas configurações do aparelho se isso está acontecendo e desligue-as.

Você pode, por exemplo, desativar os recursos de Wi-Fi, GPS, redes móveis, Bluetooth ou outros aspectos enquanto não estiverem sendo utilizados.

Exclua aplicativos que não usa muito

Muitas vezes, a gente baixa aplicativos para um uso específico e nunca os apaga, mesmo que não esteja usando mais. Pois vale a pena fazer um pente fino e deletar os que estão ociosos, pois os aplicativos parados podem estar colaborando com o aquecimento do seu celular.

Preste atenção na capinha do celular

As capinhas de celular podem parecer bem inocentes, mas algumas delas, que “tapam” demais o seu smartphonepodem colaborar com o superaquecimento do aparelho. Antes de colocar uma capa nova no seu, avalie se ela não está tampando saídas importantes do celular, evitando que o ar circule adequadamente.

Reduza o brilho da tela

Deixar a tela no brilho máximo também pode superaquecer os componentes do seu celular. Procure usar a luminosidade mais baixa para se precaver quanto a esse tipo de problema. O recurso do brilho automático (quando o celular se ajusta sozinho ao ambiente) é bem útil nesse sentido, economizando bateria e diminuindo o aquecimento.

Procure não usar apps pesados por muito tempo

Apps pesados são os que consomem muitos recursos do seu celular, caso de jogos online como PUBG, Genshin Impact e Call of Duty: Mobile.

Quando você for utilizar esses aplicativos, desligue os outros e procure não ficar com eles na ativa por tempo indeterminado. Além de aquecer, isso pode prejudicar a vida útil do seu aparelho.

Não use o celular quando estiver carregando

Quase todo mundo faz isso, mas é recomendado que não usar o celular quando ele estiver na tomada carregando a bateria. Isso força ainda mais o aquecimento do aparelho, pois exige maior processamento dos componentes. Espere sempre a bateria estar completa, retire-o da tomada para só então começar a usar os seus recursos.

Coloque o celular no Modo Avião

Quando você está em algum lugar em que o sinal do celular é fraco, o seu aparelho pode aumentar a potência de recepção para tentar melhorar a conexão. Com isso, os componentes internos tendem a aquecer acima do normal.

Para evitar que isso aconteça, a sugestão é ligar o seu celular no Modo Avião quando estiver nessa situação, de modo a resfriá-lo. Você ainda conseguirá usar a conexão Wi-Fi e Bluetooth quando estiver nesse modo, mas ele vai aquecer bem menos.

  • Fique por dentro: Apple faz série de recomendações a usuários sobre o carregamento de iPhones; veja

Use apenas cabos e carregadores originais

Outra dica preciosa: o uso de cabos e carregadores não originais também podem colaborar com o superaquecimento do seu aparelho. Além disso, essa é uma atitude bastante perigosa, sobretudo em situações específicas, como quando se usa o celular no banheiro ou na ocorrência de tempestades.

Fonte Tecmundo