22.1 C
João Pessoa

Prefeito de Santa Rita revelou que Cagepa se recusou a abastecer 20 mil pessoas na rural e fez deboche da cidade

O prefeito de Santa Rita Emerson Panta (PP), denunciou que a Companhia de Água e Esgoto da Paraíba (Cagepa) por vários anos ignorou os problemas de falta de saneamento da cidade e abastecimento irregular, principalmente na zona rural. Segundo o gestor, diante das falhas dos serviços decidiu contratar a empresa Águas do Nordeste (Ane).

O prefeito revelou que atualmente Santa Rita tem apenas 4% de saneamento básico. “A cidade é um esgoto a céu aberto. Eu sou médico e fazer saúde sem saneamento é impraticável”, declarou.

Leia Também

Além de falta de saneamento, Emerson apontou que a Cagepa se recusou a fornecer água para a zona rural do município. “São 20 mil pessoas que diretamente nunca tiveram água na torneira, e essa população terá sua redenção agora”, afirmou.

Emerson denunciou também que a cidade chegou a perder recursos federais por falta de projetos de saneamento entre o município e a Cagepa em gestões passadas. Um desses recursos não aproveitados, teria sido de R$ 145 milhões liberados pela Caixa Econômica Federal, conforme disse.

Diante dos problemas que se acumulavam com falhas no serviço prestado pela Cagepa, o prefeito recordou que em 2017 abriu um diálogo com a companhia para que ela solucionasse. “Temos mais de 1,5 mil denúncias junto ao Ministério Público contra a Cagepa, e não estou contando com as reclamações junto ao Procon de Santa Rita. São milhares de denúncias e pedidos para que ela se posione”, frisou.

Tentativa de diálogo 

Panta informou que na tentativa de promover uma conversa com a Companhia, não teve uma boa receptividade, tendo como resposta “piadas, pilheras e deboches, inclusive durante uma reunião com o Ministério Público”.

Conforme relatou ainda, durante entrevista ao programa Correio Debate, que está em uma das ações no MP, a informação de que a Cagepa se recusou a realizar o abastecimento da zona rural de Santa Rita.

Para Panta, a única alternativa foi procurar uma outra empresa que pudesse fazer um serviço de qualidade na cidade. “A Ane vai investir R$ 300 milhões em 30 anos, sendo que a maioria desses recursos será feito nos primeiros dez anos”, frisou, acrescentando que o objetivo é fazer com que o nível de sanemanento de Santa Rita cresça dos 4% atuais para 90% até 2032.

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Pesquisa OPUS: João Azevedo cai e Pedro encosta. Nilvan e Veneziano empatam

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo Portal da Capital, traz os primeiros números do atual cenário da corrida eleitoral...

Resultado de pesquisa para governador da Paraíba já tem data para ser divulgada; veja

A corrida eleitoral para governador e senador na Paraíba vai ter a primeira pesquisa contratada pelas TVs Paraíba e Cabo Branco, que compõem a...

ENQUETE F5: Ricardo Coutinho lidera preferência na disputa ao Senado pela Paraíba

Enquete realizada pelo portal F5 Online sobre intenção de voto para os candidatos ao Senado na Paraíba mostra o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) na...

Instituto Opus: Ricardo Coutinho lidera primeira pesquisa para o senado na Paraíba; Efraim cresce

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo @portaldacapital, traz os primeiros números da Paraíba sobre a disputa ao Senado Federal. O levantamento realizou mil entrevistas...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#