João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 27.2ºC
IBOVESPA 121802.06
Euro 5.7476
Dólar 5.2861
Peso 0.0059
Yuan 0.7301
Presidente Bolsonaro liga para família de Marcelo Arruda, tesoureiro do PT morto em aniversário no Paraná
13/07/2022 / 09:57
Compartilhe:

O presidente Jair Bolsonaro telefonou nesta terça-feira, dia 12, para os familiares do guarda civil e tesoureiro do PT em Foz do Iguaçu, Marcelo Arruda, morto a tiros por um militante bolsonarista durante a comemoração de seu aniversário de 50 anos no último sábado, dia 9.

Bolsonaro colocou a culpa na imprensa e na esquerda e propôs receber a família para uma coletiva de imprensa no Palácio do Planalto.

“A possível vinda de vocês a Brasília, se vocês concordarem, qual é a ideia? É ter uma coletiva para a imprensa que vocês falem o que aconteceu de fato […] Vocês teriam a imprensa na frente de vocês para mostrar o que aconteceu”, disse Bolsonaro.

Além do pedido, o presidente lamentou o ocorrido e afirmou que “nada justifica” o assassinato.

“Por mais que, porventura, tenha tido uma troca de palavras grosseiras, não justifica o cara voltar armado e fazer o que ele fez […] A imprensa, quase toda de esquerda, está botando no meu colo a ação desse cara que atirou e não morreu. A esquerda politizou o negócio”, disse o presidente

Um parente de Marcelo respondeu: “Nem justifica ele ter aparecido lá, presidente”, referindo-se a Jorge Garanho, autor do crime.

O deputado federal bolsonarista Otoni de Paula (MDB-RJ) é quem segura o celular por meio do qual é realizada a chamada de vídeo.

Assista: