João Pessoa 21.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 20.64ºC
IBOVESPA 127218.24
Euro 5.8367
Dólar 5.4156
Peso 0.0059
Yuan 0.7448
Primeira etapa da vacinação contra a febre aftosa segue até dia 31 de maio
11/05/2021 / 11:20
Compartilhe:

A Paraíba segue, até o dia 31 de maio, com a primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa destinada a todos os bovinos e bubalinos. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) orienta os criadores que não estão com o cadastro atualizado a comparecer a um escritório da Defesa Agropecuária e fazer a regularização antes da compra da vacina.

A vacinação com dose de 2 ml é obrigatória e deve ser declarada nos escritórios da Defesa Agropecuária ou de forma virtual pelo site: www.sedap.pb.gov.br ou email: geda@sedap.pb.gov.br. Após o prazo, os criadores terão 10 dias para comprovar a vacinação, a fim de evitar sanções e multas e poder transitar livremente dentro do Estado com o seu rebanho.

“Com a vacinação em dia, o criador terá seu rebanho protegido e liberado para qualquer tipo de comercialização. A vacina contra a febre aftosa é fundamental e pedimos essa colaboração dos criadores”, comentou o governador João Azevêdo durante o programa semanal ‘Conversa com o governador’, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara.

Com um rebanho bovino de aproximadamente 1,3 milhão de cabeças de gado, a meta é vacinar 90% desse rebanho. A Paraíba já possui o certificado de “Estado livre da febre aftosa com vacinação”, fornecido pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE). A meta é conseguir o status de livre da febre aftosa sem vacinação, conforme preconiza o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Para vacinar os animais com dose de 2 ml, o produtor deve procurar as casas veterinárias cadastradas na Gerência Executiva de Defesa Agropecuária da Sedap e comprar a vacina. Em caso de dúvidas no processo de vacinação, deve procurar os escritórios no interior do Estado, ou ligar para 3214-5492.