João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 22.66ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.816
Dólar 5.425
Peso 0.006
Yuan 0.7476
Programa Acessuas Trabalho é levado às comunidades para facilitar cadastro de jovens em situação de vulnerabilidade social
22/04/2021 / 07:50
Compartilhe:

Com o objetivo de auxiliar o ingresso de jovens de vulnerabilidade social no mercado de trabalho, a Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania (SDHUC) da Prefeitura de João Pessoa tem levado o programa Acessuas Trabalho à várias comunidades da Capital. Nesta sexta-feira (23), será a vez do bairro Padre Zé receber o serviço.

Na ação, a SDHUC leva o cadastro do programa Jovem Aprendiz até a comunidade. O programa, que ajuda jovens a conseguir uma vaga no mercado de trabalho, é destinado ao público de baixa renda que tenha entre 14 e 22 anos de idade, que esteja estudando ou concluído os estudos em escola pública. Na sexta, a ação será realizada na Rua Fagundes Varela, s/n.

Para realizar o cadastro, é necessário realizar um agendamento prévio através do telefone: 3214-3112. Além disso, é preciso levar no dia marcado alguns documentos para concluir o cadastro (confirma a lista no final da matéria).

“É uma importante porta que se abre, diminuindo o caminho para o tão sonhado primeiro emprego e para a qualificação profissional. A ação segue em parceria com os CRAS, atendendo os territórios referenciados”, informou o secretário João Corujinha.

O intuito da Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania é levar o programa aos territórios abrangidos pelos 13 CRAS no município. A ação nas comunidades começou na semana passada, pelo bairro de Mandacaru. Na última segunda (19), foi a vez dos moradores do bairro São José.

“Vejo isso como uma oportunidade e incentivo para os jovens que se encontram em vulnerabilidade social adentrarem ao mercado de trabalho e mudarem sua realidade, principalmente nesse momento de desemprego durante a pandemia”, destacou a coordenadora de Proteção Social Básica, Andrielly Menezes.

Data importante – No próximo sábado (24), será comemorado o Dia Internacional do Jovem Trabalhador. A data foi instituída para gerar conscientização sobre a importância da oferta de trabalho seguro, qualificado e agregador para a juventude.

Para o cadastro é preciso agendar o atendimento e apresentar os documentos abaixo:

1- RG;
2- CPF;
3- Carteira de Trabalho (pode ser digital);
4- Boletim escolar (pode ser do ano passado caso não tenha desse ano);
5- Declaração escolar atualizada;
6- Cartão NIS (caso possua), cartão do Bolsa Família, folha resumo e/ou comprovante de renda;
7- Cartão SUS;
8- Comprovante de residência;
9- Currículo.