João Pessoa 26.13ºC
Campina Grande 23.9ºC
Patos 24.97ºC
IBOVESPA 125124.3
Euro 5.5563
Dólar 5.2027
Peso 0.006
Yuan 0.7184
Programação do Viva Usina traz show com Maria Alice, circo e performance
23/03/2024 / 13:14 / Redação
Compartilhe:
Mistura de sons e emoções transcende o tempo e o espaço com a ‘Descompasso’, performance musical de Maria Alice – Fotos: Divulgação

Música, circo e performance artística totalmente gratuitas em João Pessoa. A programação do Viva Usina para este sábado e domingo, na Usina Energisa, vai oferecer atrações para todas as idades e sempre valorizando a cultura paraibana.

Neste sábado, 23, a cantora Maria Alice apresenta o show Descompasso, às 20h, na Sala Vladimir Carvalho. Uma apresentação repleta de músicas paraibanas e nordestinas, onde a cantora propõe cantar os movimentos da vida, com suas surpresas, impermanências e emoções.

‘Descompasso’ valoriza a sonoridade nordestina com músicas de compositoras paraibanas como Cátia de França, Socorro Lira e Sinamonis, além de canções autorais. No show do Viva Usina, Maria Alice divide o palco com Ingrid Simplicio, Eliza Garcia e Lucas Gaião.

Maria Alice também é compositora, professora de canto e pesquisadora da música paraibana, onde encontrou sua identidade e resistência. Tem shows autorais como o Casa é Morada e Nascedouro, evidenciando e cantando a música da Paraíba. Além da carreia solo, a cantora integra o coletivo Kantoka e é mentorada do programa Women Empowered, da Symphonic.

Palco Bonde

Ainda no sábado, às 18h, o Palco Bonde recebe a performance artística “A Cruz da Negrinha”. O texto conta a história da negrinha Josefa procurando sua identidade nos diversos rituais religiosos. A sua única certeza é que em todos os caminhos percorridos existe a imagem da “cruz”, que dita a vida e a morte no caminho de volta para casa. A performance é uma adaptação da atriz Dhyan Urshita baseada em pesquisas e vivências em diferentes rituais religiosos e cotidianos.

Domingo

A Sala Vladimir Carvalho vai receber o espetáculo “O infinito é nosso riso”, às 16h, encenado pelas mulheres do grupo circense Los Iranzi. Usando elementos da palhaçaria popular, o número mostra a relação entre três palhaças, que usam a magia do circo para mostrar a força e o empoderamento de ser mulher. Com muita representatividade e significado, o espetáculo mostra a grandiosidade de ser mulher e como os saberes são compartilhados a cada geração.