João Pessoa 25.13ºC
Campina Grande 25.9ºC
Patos 30.75ºC
IBOVESPA 122843.22
Euro 5.6032
Dólar 5.1602
Peso 0.0058
Yuan 0.7119
Quais os efeitos da intolerância à lactose no organismo?
21/10/2022 / 14:50
Compartilhe:

A lactose presente em produtos lácteos que por sua vez, são ingredientes de várias e deliciosas receitas, pode contribuir para o desenvolvimento de vários incômodos provocados pela intolerância no organismo. Saiba um pouco mais sobre os impactos no corpo!

Segundo uma pesquisa recente do Instituto DataFolha, cerca de 53% dos brasileiros, afirmam sentir um incômodo bem grande após consumirem qualquer tipo de leite ou produto lácteo. 

Deste percentual, 35% têm mais de 16 anos e 59% são mulheres. A pesquisa mostra que, sem o devido acompanhamento médico e nutricional, muita gente sofre na hora de se alimentar porque desconhece que o próprio organismo rejeita alguma substância nos alimentos.

A falta da Lactase

No caso dos leites e produtos lácteos, existe a chamada Lactose, que pode provocar intolerância no organismo quando este não conta com uma ajuda de uma enzima bem especial: a Lactase. Nestes casos, a saída é buscar produtos zero lactose.

Sem a enzima lactase, presente no sistema intestinal e responsável por decompor o açúcar do leite em carboidratos mais simples, surgem os desconfortos da intolerância à lactose. 

Existem casos, contudo, que a pessoa sente apenas uma alergia ao leite. Essa alergia diz somente uma reação contrária às proteínas da bebida e não tem ligação com a lactose. Sendo assim, alguns derivados não lhe fazem mal.

Por outro lado, a alergia ao leite de vaca pode provocar alterações no intestino, na pele e no sistema respiratório (tosse e bronquite, por exemplo). Deve-se portanto, ser levada à sério por quem a sofre.

Quais as causas da intolerância à lactose

  • a ausência desta enzima no organismo pode estar relacionada com a deficiência congênita, ou seja, a criança já nasce com impossibilidade de produção da lactose. 
  • doenças intestinais também podem gerar a ausência desta enzima no organismo impossibilitando a produção de lactase. 
  • o envelhecimento também pode ser uma causa que provoque em algum momento a ausência da enzima Lactase no organismo. 

Sintomas da Intolerância à Lactose

Diarréia ácida e em grande quantidade, dores abdominais como cólicas, náuseas, flatulências e uma sensação de peso na barriga que custa a passar. Estes são os sintomas mais comuns de quem sofre com a intolerância à lactose.  

Alguns casos variam , conforme o tipo de intolerância e a quantidade de lactose que o organismo aguenta ou não. Também não aparecem necessariamente no instante em que se come. Muitas vezes podem levar alguns minutos, como algumas horas para surgir.

Um dos fatores que pode influenciar no tempo que leva para os sintomas surgirem é a peristaltase, o movimento que os músculos do estômago fazem para empurrar a comida rumo à digestão.

Tais sintomas não são perigosos, contudo, o desconforto que promovem é grande, sendo necessário o procedimento rápido para que  a pessoa possa retomar sua vida o mais rápido possível.

E como é o procedimento?

Muita gente pensa que a intolerância à lactose seja uma doença, mas não o é! Trata-se de uma carência de uma enzima no organismo e por isso, surgem inúmeros desconfortos quando se ingere alguns alimentos derivados do leite. 

O primeiro passo é cortar tais alimentos da dieta ou substituí-los.

Os alimentos proibidos são:

  • Leite de vaca e derivados (requeijão, manteiga, queijo)
  • Receitas à base de leite: Molhos, pudins, cremes, bolos.
  • Bolachas ou biscoitos que tenham leite na composição.

Tomando tais cuidados, o desconforto vai embora rapidinho e a qualidade de vida retorna ao dia a dia. É importante seguir as orientações do médico à risca, sem pequenos deslizes. 

Assim, os sintomas não serão mais problema por longos anos.