29.1 C
João Pessoa

Quase 6 mil casos de dengue, chikungunya e zika são registrados em João Pessoa

Dado é referente ao período de janeiro até 28 de junho de 2022

João Pessoa registrou 5.999 casos de arboviroses no período de janeiro até 28 de junho de 2022. Desse total, 4.684 (78,1%) são casos de dengue, 1.162 (19,4%) de chikungunya e 153 de zika vírus (2,5%). Os dados foram divulgados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) nesta quinta-feira (30).

Os bairros onde há a maior concentração de casos notificados de dengue são: Cruz das Armas (409), Mangabeira (351), Cristo Redentor (287), Bairro das Indústrias (264) e Oitizeiro (227). Já os locais com maior número de casos notificados de chikungunya são: Mangabeira (210), Bancários (105), Castelo Branco (70), Jardim Cidade Universitária (51) e José Américo (46).

Leia Também

Em relação aos casos de zika vírus, os bairros com maior número são: Mangabeira (6), Valentina Figueiredo (4), Cristo Redentor (3), Jardim São Paulo (3) e Mandacaru (3).

Disque Dengue

Se a população quiser denunciar focos do mosquito vetor das arboviroses e/ou solicitar uma visita da Vigilância Ambiental, deve ligar para o número de telefone: (83) 3214-7924. O horário de atendimento ao público é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

Dúvidas

Para tirar dúvidas sobre os sintomas de arboviroses e saber quando e onde deve procurar assistência médica, as pessoas podem entrar em contato, via Whatsapp, pelo número: (83) 98654-6377. O usuário é atendido por um profissional de saúde que vai dar as orientações necessárias. O canal funciona de segunda a sábado, das 8h às 19h.

Atendimento

Em caso de sintomas mais leves, a população deve buscar atendimento nas Unidades de Saúde da Família (USF) presentes em vários bairros da capital. Em casos mais graves, em que o usuário necessite de atendimento de urgência, o atendimento pode ser feito em uma das quatro UPAs da capital.

Cuidados

A Vigilância Ambiental da SMS orienta que a população deve estar atenta aos cuidados que devem ser seguidos rotineiramente, como descartar o lixo corretamente e evitar deixar objetos que sejam considerados como potenciais para permitir o acúmulo de água e, consequentemente, a proliferação do mosquito.

É importante fechar possíveis depósitos de água como potes, tambores, filtros, tanques e caixas d’água; preencher os pratos de plantas com areia ou lavá-los semanalmente; lavar os bebedouros de animais domésticos; cobrir piscinas; tapar e limpar ralos; manter as calhas sempre limpas; manter os sacos de lixo fechados e secos até seu recolhimento; não jogar lixo em terrenos baldios, entre outros cuidados

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Pesquisa OPUS: João Azevedo cai e Pedro encosta. Nilvan e Veneziano empatam

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo Portal da Capital, traz os primeiros números do atual cenário da corrida eleitoral...

Instituto Opus: Ricardo Coutinho lidera primeira pesquisa para o senado na Paraíba; Efraim cresce

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo @portaldacapital, traz os primeiros números da Paraíba sobre a disputa ao Senado Federal. O levantamento realizou mil entrevistas...

Debate na Paraíba: Pedro Cunha Lima é o nome mais buscado na web durante o primeiro debate entre candidatos ao Governo

O primeiro debate para o Governo da Paraíba das Eleições 2022, realizado na noite deste domingo (7), trouxe à tona a forte disputa dos...

Resultado de pesquisa para governador da Paraíba já tem data para ser divulgada; veja

A corrida eleitoral para governador e senador na Paraíba vai ter a primeira pesquisa contratada pelas TVs Paraíba e Cabo Branco, que compõem a...

ENQUETE F5: Ricardo Coutinho lidera preferência na disputa ao Senado pela Paraíba

Enquete realizada pelo portal F5 Online sobre intenção de voto para os candidatos ao Senado na Paraíba mostra o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) na...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#