João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 19.9ºC
Patos 21.11ºC
IBOVESPA 119137.86
Euro 5.7331
Dólar 5.4201
Peso 0.0059
Yuan 0.7471
Ranielle Ribeiro volta ao Campinense querendo reerguer o clube
21/04/2021 / 15:49
Compartilhe:

Ranielle Ribeiro se apresentou juntamente com o preparador-físico Vitor Barros para iniciar seus trabalhos a frente do Campinense, assumindo o posto de treinador deixado por Ederson Araújo, demitido após dois jogos oficiais apenas no comando do clube.

O rubro-negro não é uma casa desconhecida para o novo técnico. Ele trabalhou na agremiação na década de 2000 como preparador-físico, e agora quer colocar o time no patamar que ocupava naquela época, de buscar coisas grandes.

Em sua apresentação oficial, na tarde de ontem (20), ele expressou muita felicidade neste retorno.

– É uma satisfação voltar a vestir essa camisa do Campinense, agora como como treinador. Faz com que a gente tenha prazer enorme por esse retorno. Falar do Campinense é falar de um time que há doze anos atrás estava na Série B. Falar do Campinense é falar do campeão do Nordeste. Falar do Campinense é falar do clube do povo, clube de massa, então isso é combustível para qualquer profissional que vem a trabalhar aqui, então é a nossa nossa perspectiva, de vir aqui para o Campinense para fazer o Campinense se voltar se grande como ele sempre foi, através das conquistas, principalmente na disputa desse Paraibano, depois tem logo o Campeonato Brasileiro, onde o Campinense tem que voltar mais rápido possível para crescer e galgar coisas melhores para o clube daí por diante – afirmou.

Chegando em uma equipe em formação, em um ano de reformulação do clube, com menos recursos investidos no futebol, mudanças drásticas não devem acontecer no elenco, tanto pelas precárias condições financeiras vividas pela Raposa, quanto pelo início de temporada.

– Geralmente, quando a gente assume um clube nessa condição que nós estamos assumindo hoje, é trabalhar e potencializar as características individuais que elenco permite ter. O elenco nos dá essa condição, então, em cima disso que a gente vai dar início ao nosso trabalho. Não posso chegar aqui e mudar tudo que se vinha sendo feito.
Faltam apenas cinco dias para estreia, e em cinco dias, talvez assimilação para aquilo que a gente deseja que o time, da forma que o time joga, se comporta, não seja assimilado pelos nossos jogadores. Mas, aos poucos, a gente vai sim colocando minha metodologia de trabalho, aquilo que acredito que o futebol tem que ser jogado, em cima das características, da cultura do Campinense. Não posso chegar aqui estabelecendo cultura totalmente oposta daquela quo torcedor do Campinense gosta de ver, que um time rápido, para frente, um time vertical. Em cima disso que vamos buscar a melhor metodologia, o melhor encaixe, mas desse início, vamos aproveitar para potencializar as características individuais que o elenco permite – explicou.

A estreia de Ranielle Ribeiro a frente do Campinense Clube será no próximo domingo (25), às 16h, no estádio Amigão, em Campina Grande, enfrentando o Nacional de Patos. O rubro-negro foi derrotado na primeira rodada, fora de casa, por 2 a 1, para o São Paulo Crystal.

De Voz da Torcida.