João Pessoa 26.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 30.86ºC
IBOVESPA 128907.98
Euro 5.9249
Dólar 5.4349
Peso 0.0059
Yuan 0.7496
Reconhecimento de recém-nascidos pela orelha deve ser lançado em 2023
29/11/2021 / 16:22
Compartilhe:

A VSoft planeja lançar em até um ano e meio a solução de reconhecimento de recém-nascidos pela orelha. A confirmação foi feita por Pedro Alves, CEO da companhia, durante sua passagem no Mobi ID, evento organizado pelo Mobile no dia 18 de novembro. A tecnologia já vinha sendo testada, mas a pandemia atrasou o projeto.

“A identificação neonatal é importante porque os bebês já nascem precisando de um CPF para terem planos de saúde”, comenta Alves. Só que biometrias mais tradicionais como facial e digital não funcionam bem em recém-nascidos, porque são difíceis de serem capturadas ou porque mudam com o passar do tempo. As linhas dentro da orelha, por outro lado, são iguais a vida toda. Outra vantagem é que os dados da orelha podem ser captados com a foto de uma câmera de smartphone comum.

Alves ressalta que não há um algoritmo de reconhecimento facial de orelha no mundo, exceto o de sua empresa.

Privado

Mais conhecida por oferecer soluções de verificação e documentação digital para governos e órgãos de segurança, a VSoft planeja avançar para o segmento corporativo. Alves confirmou que a empresa pretende levar para o setor privado o seu know-how de onboarding digital, onboarding presencial, certificação de identidade (background, documentoscopia, 1×1), emissão de documentos (phygital) etc.

“O grande cliente de biometria no mundo, até poucos anos atrás, era o governo. Na nossa visão, a identidade digital pode ser aplicada a qualquer jornada”, explicou. “Nós temos um app white label de ID Digital, o mesmo do RG Digital, que pode ser usado como método de autenticação. Tem o caminho de ID Wallet, um único app com várias credenciais, mas há resistência, pois pessoas e empresas querem ter a marca própria. Por isso, temos esse white label. Estamos fazendo um piloto com um cliente da área financeira”, concluiu.

Foto: Divulgação/ Evento organizado pelo Mobile Time no dia 18

MobileTime