João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 23.41ºC
IBOVESPA 119630.44
Euro 5.8381
Dólar 5.441
Peso 0.006
Yuan 0.7498
Reitores pressionam e ‘socorro’ pode ser crédito extraordinário
09/12/2022 / 14:23
Compartilhe:

As universidades públicas federais poderão estar prestes a enxergar uma luz no fim do túnel para ter de volta recursos que foram bloqueados. Esse saída pode vir por uma decisão Tribunal de Contas da União.

Representantes do Governo Federal informaram a reitores que para aliviar a situação, existe uma possibilidade de obtenção de recursos após uma decisão do órgão, autorizando a abertura de crédito extraordinário para cobrir o pagamento do Benefício de Prestação Continuada, do seguro-desemprego e de despesas judiciais, entre outros gastos, como os das universidades.

A informação foi repassada a reitores representantes da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), depois de reunião com o ministro da Casa Civil, Ciro Nogueira (PP-PI)

Eles expuseram a gravidade da situação enfrentada pelas universidades desde os cortes realizados em junho, agravados pelo último bloqueio realizado no final de novembro.

Todavia, foi destacado que ainda não há definição de quanto de crédito extraordinário será aberto e quais pagamentos serão realizados com este crédito, mas que está sensível à situação das universidades.