João Pessoa 26.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 29.48ºC
IBOVESPA 128150.71
Euro 5.5439
Dólar 5.1031
Peso 0.0058
Yuan 0.7064
REPÚDIO: Associação de Pastores publica nota sobre as “acusações infames” de Wellington Roberto contra Sérgio Queiroz
31/05/2022 / 15:51
Compartilhe:

A Associação de Pastores do Estado da Paraíba (APEP) publicou, nesta terça-feira (31), uma nota de repúdio contra as falas “infames”, vexatórias” e “indecorosas” do deputado federal e presidente do Partido Liberal (PL), Wellington Roberto, deferidas contra o pastor Sérgio Queiroz, nessa última segunda-feira, em uma emissora de TV em João Pessoa.

Na nota, a APEP repudia “com veemência a insensata, infundada e indecorosa acusação” feita ao pastor Sérgio Queiroz “pelo Sr. Wellington Roberto, quando quis lançar-lhe a pecha de “Falso Profeta”. Essa afronta atinge não somente o Pr. Sérgio Queiroz, mas também toda a classe pastoral, forçada a sobreviver continuamente debaixo desses preconceitos velados, acusações vexatórias e infames”.

Além de externar solidariedade ao pastor Sérgio Queiroz diante dos ataques energúmenos e sem qualquer lastro de verdade e de realidade à sua vocação pastoral, que tem sido conduzida de forma ética e irrepreensível por duas décadas, diante da Comunidade Evangélica e da sociedade paraibana, a nota da Associação de Pastores do Estado da Paraíba acrescenta ainda que os membros da APEP “são testemunhas oculares da hombridade e da ilibada reputação do pastor Sérgio Queiroz”.

No texto ainda da nota pública, a Associação de Pastores do Estado da Paraíba (APEP) afirma que essa afronta do deputado federal Wellington Roberto “atinge não somente o Pr. Sérgio Queiroz, mas também toda classe pastoral, forçada a sobreviver continuamente debaixo desses preconceitos velados, acusações vexatórias e infames”.

A APEP exige “respeito e hombridade aos homens de Deus, que tem um testemunho público de honra e fidelidade aos princípios éticos e morais imprimimos pelo Cristianismo”.

A nota encerra reafirmando “o respeito e admiração que tem pelo Procurador e Pastor Sérgio Queiroz por seus inúmeros serviços prestados à Paraíba e ao Brasil”.

Além da nota da APEP, desde a última segunda-feira (30), após os ataques públicos infundados e levianos do deputado federal Wellington Roberto ao seu ministério pastoral e também à sua honra, o pastor Sérgio Queiroz, que é pré-candidato ao Senado este ano, tem recebido também incontáveis mensagens de solidariedade e apoio dos mais diferentes segmentos da sociedade paraibana e do País para reafirmar o seu caráter irrepreensível como pastor, em 20 anos de ministério, como Procurador da Fazenda Nacional, por 22 anos, e como servidor público de carreira, por concurso público, em quase 30 anos.

Veja na íntegra a Nota de repúdio Associação de Pastores do Estado da Paraíba (APEP):

“A Associação de Pastores do Estado da Paraíba (APEP) vem, em nota, externar a sua solidariedade ao Pr. Sérgio Queiroz, membro de nossa Associação. Como testemunhas oculares de sua hombridade e de sua ilibada reputação, repudiamos com veemência a insensata, infundada e indecorosa acusação feita ao mesmo, pelo Sr. Wellington Roberto, quando quis lançar-lhe a pecha de “Falso Profeta”.

Essa afronta atinge não somente o Pr. Sérgio Queiroz, mas também toda classe pastoral, forçada a sobreviver continuamente debaixo desses preconceitos velados, acusações vexatórias e infames.

Pedimos aqui, respeito e hombridade aos homens de Deus, que tem um testemunho público de honra e fidelidade aos princípios éticos e morais imprimimos pelo Cristianismo.

Ao Pr. Sérgio Queiroz, nossa nossa destra de comunhão.

Nesta direção somente, e distante questões políticas partidárias, a APEP vem reafirmar o respeito e admiração que tem pelo Procurador e Pastor Sérgio Queiroz por seus inúmeros serviços prestados à Paraíba e ao Brasil.”