22.1 C
João Pessoa

Saiba como evitar a proliferação do mosquito que transmite a Chikungunya

Infectologista alerta sobre medidas para prevenir a reprodução do Aedes Aegypti e do Aedes Albopictus, responsáveis pelas infecções da dengue, Zika e Chikungunya

Nos meses de junho, julho e agosto, são registrados os mais intensos períodos de chuva em João Pessoa. Consequentemente, há o aumento dos casos de doenças virais transmitidas por mosquitos, como o Aedes Aegypti e Aedes Albopictus, responsáveis pelas infecções da dengue, Zika e Chikungunya.

A infectologista Ana Isabel Vieira Fernandes, médica cooperada da Unimed João Pessoa, alerta sobre a importância de adotar alguns cuidados para evitar ambientes propícios à reprodução dos mosquitos e, consequentemente, a transmissão da Chikungunya. “Não há vacina ou remédio específico. A prevenção eficaz é feita combatendo as larvas dos mosquitos e suas formas adultas com medidas de vigilância, eliminando os focos em casa ou em terrenos e imóveis fechados”, orienta. De acordo com a médica, também há os cuidados individuais com uso de roupas compridas em áreas com grande densidade do mosquito e uso de repelentes.

Leia Também

A doença viral afeta todo o corpo e pode causar alterações no fígado, complicações cardíacas, renais e neurológicas na fase aguda. Os idosos e quem já possui doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, são mais suscetíveis a evoluir para um quadro grave.  “Os sintomas iniciais da Chikungunya são febre alta e calafrios, dores no corpo e, em particular, nas articulações. Dor de cabeça e olhos, manchas no corpo e muita fadiga também são sintomas importantes”, explica. “A complicação mais frequente é o comprometimento osteoarticular, que pode provocar limitações aos pacientes”, informa.

Diagnóstico e tratamento – A forma mais efetiva de obter um diagnóstico, além dos exames clínicos, é por meio da realização de uma sorologia após o sétimo dia de sintomas. Segundo a especialista, é comum as pessoas confundirem os sintomas da Chikungunya com os da dengue e Zika, que são transmitidos por meio da picada da fêmea do mosquito Aedes Aegypti e Aedes Albopictus, mas são responsáveis por sintomas diferentes. “As três viroses podem causas manchas na pele, mas a dengue se destaca pela possibilidade de sangramentos e pressão baixa. Já a zika pode causar inchaço nas articulações das mãos e manifestações neurológicas. A Chikungunya se destaca das demais pela intensa agressão nas articulações, causando dores, inchaço e vermelhidão”, detalha Ana Isabel.

A infecção inicialmente deve ser tratada com hidratação. Para as dores nas articulações, a recomendação é o uso de analgésicos, que devem ser orientados pelo médico de acordo com a intensidade da dor, além de repouso, hidratação constante e compressas frias nas articulações.

Ana Isabel Vieira ressalta que é preciso cuidado na hora de diagnosticar qualquer infecção, principalmente na pandemia. “Podem surgir alguns sintomas que também acontecem com a transmissão da covid-19, mas que diferem na presença de sintomas respiratórios, como coriza, tosse, perda de olfato e congestão nasal, que são frequentes na covid-19”, alerta.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

MADRUGADA DE TERROR: tiroteio e correria na Praça da Paz, nos Bancários; veja o vídeo

A madrugada não foi nada tranquila na Praça de Paz, no bairro dos Bancários, em João Pessoa. Vídeos que circulam...

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

UNIMED nega testes da Covid para usuários do plano em João Pessoa

Em recente comunicado da Unimed João Pessoa para seus clientes, a operadora diz que há escassez de insumos necessários para realização de testes Covid....

Unimed-JP nega suspensão dos serviços de telemedicina em sua plataforma

O presidente da Unimed João Pessoa, Gualter Ramalho, disse nesta terça-feira ao portal F5 Online que não houve suspensão nos serviços de telemedicina da Cooperativa e sim uma expansão de atendimento.  Em nota enviada à redação do F5, Gualter Ramalho diz que "Em momento algum houve suspensão ou paralisação no atendimento dos serviços de medicina pela Unimed João Pessoa". 

Nas redes, Veneziano já é candidato a governador

O vice-presidente do Senado Federal ainda não confirmou se disputará ou não o Palácio da Redenção, mas as fotos divulgadas ao lado do presidenciável Lula (PT), nesta terça-feira (25), alimentam as discussões sobre a candidatura do emedebista com possível apoio do PT. Da parte da mãe de Veneziano, a senadora Nilda Gondim (MDB), não falta torcida. Em entrevista à Rede Mais Rádio, na noite de ontem, Nilda reforçou suas apostas na candidatura do filho e disse que ele tem aval do presidente nacional da legenda, Baleia Rossi. “Nosso presidente, Baleia Rossi, torce muito por Veneziano para que ele se lance ao Governo do Estado. Veneziano sempre esteve apto para isso. Ele perdeu uma grande oportunidade em 2014 e tem um grande sonho de ser governador do Estado [...] Acredito que nos próximos dias ele define isso. Acredito que não vai demorar. Ele está mantendo os contatos que precisa manter", disse Nilda.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#