João Pessoa 30.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 35.06ºC
IBOVESPA 121056.82
Euro 5.7566
Dólar 5.3664
Peso 0.006
Yuan 0.7404
Semob-JP registra mais de 47 mil motociclistas com práticas irregulares e faz alerta por trânsito seguro
24/08/2021 / 19:40
Compartilhe:

Pilotar com segurança e respeitando as regras do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Estes são alguns comportamentos que devem ser praticados por qualquer condutor para um trânsito mais seguro e humanizado. Mas, apesar de tamanha responsabilidade ao pilotar uma moto ou dirigir um veículo, só este ano, 47.151 motociclistas foram flagrados cometendo irregulares e colocando em risco a segurança deles e de terceiros. Transitar com excesso de velocidade lidera o ranking da má conduta.

De acordo com levantamento da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP), realizado de 1º de janeiro a 22 de agosto, entre as cinco infrações mais recorrentes dos motociclistas estão: transitar com velocidade superior a máxima permitida em até 20%, 31.234 ocorrências; conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor sem capacete, com 1.759; conduzir motocicleta, motoneta ou ciclomotor transportando passageiro sem capacete, 978 registros; e transitar na faixa exclusiva para ônibus, com 923.

De acordo com o superintendente de mobilidade urbana, George Morais, é essencial que os infratores mudem o comportamento no trânsito e zelem pela preservação da vida. “Essas práticas irresponsáveis são observadas diariamente e colocam em risco a segurança de todos. Apenas no ano passado, tivemos o registro de onze mil acidentes envolvendo motociclistas e precisamos mudar esta realidade. Contamos com nossa equipe de educação de trânsito realizando abordagens, mas cada um precisa se policiar e evitar a conduta errada”, ressalta.

Fiscalização – Através da Diretoria de Operações (Diope), a Semob-JP mantém diariamente a fiscalização das irregularidades cometidas pelos condutores, com agentes de mobilidade em campo e, ainda, com os que trabalham no Centro Operacional de Trânsito e Transporte (COTT), observando as imagens de 80 câmeras de monitoramento instaladas nos acessos com movimentação mais intensa da cidade.

Motociclista consciente – Para evitar infrações e ajudar a manter o trânsito mais seguro, os condutores de motocicletas devem seguir condutas adequadas, tais como: não ultrapassar a velocidade máxima permitida da via, não dispensar equipamentos de segurança como o capacete, respeitar a sinalização, evitar freadas bruscas, ter atenção aos cruzamentos e manter o veículo revisado.