Argentina

Argentina flexibiliza uso de máscaras e reabrirá para brasileiros

Os anúncios foram feitos pela ministra da Saúde, Carla Vizotti, que justificou a flexibilização diante do avanço da vacinação na Argentina e da queda na média de contágios diários. “Temos 16 semanas consecutivas de queda nos casos”, disse ela. “Do ponto de vista sanitário estamos num momento realmente muito positivo”, acrescentou em seguida. Pelo anúncio oficial, a partir de 24 de setembro os argentinos, residentes e estrangeiros com autorização de trabalho poderão entrar na Argentina sem a necessidade de fazer isolamento. No caso dos países vizinhos, corredores sanitários devem ser abertos nas fronteiras a partir de 1º de outubro para a entrada de estrangeiros, incluindo brasileiros. A abertura de tais corredores sanitários dependerão, contudo, da regulamentação pelas autoridades sanitárias locais, que devem estabelecer cotas, ainda não divulgadas, para a entrada de pessoas, informou a ministra.

Com golaço de Marta, Brasil bate Argentina em duelo no Almeidão

As brasileiras mantinham a posse no campo rival e só encontravam alguma resistência das argentinas entre a intermediária e a entrada da área. Foi dali que Marta, aos 36 minutos, acertou uma cobrança de falta perfeita, no ângulo esquerdo de Oliveros, marcando pela 117ª vez pela seleção. Um golaço que, certamente, agradou ao Rei Pelé, que assistiu ao jogo no quarto que ocupa no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde se recupera de uma cirurgia para retirada de um tumor no intestino. A próxima data Fifa (período voltado a jogos entre seleções) feminina será entre os dias 18 e 26 de outubro. O Brasil ainda não tem adversário definido.

Seleção derrota Argentina por 3 a 1 em amistoso no Amigão, em Campina Grande

A equipe comandada pela técnica Pia Sundhage foi superior desde o primeiro minuto, mantendo mais posse de bola e criando as melhores oportunidades pelas pontas. E foi desta forma que o Brasil abriu o placar. Aos 37 minutos Ludmila avançou pela direita, se livrou de uma marcadora e rolou para Debinha, que, com liberdade, bateu colocado e marcou. O segundo gol da seleção brasileira veio apenas na etapa final, mas logo aos 4 minutos, quando Bruninha lançou Nycole, que avançou em velocidade e chutou na saída da goleira Correa. Nove minutos depois saiu o terceiro do Brasil. Em cobrança de falta da intermediária, Debinha lançou para Érika, que desviou para Angelina conferir com muita tranquilidade. A Argentina ainda marcou o gol de honra com Florencia Bonsegundo, mas a vitória final, de 3 a 1, foi da equipe brasileira. Brasil e Argentina voltam a se enfrentar em partida amistosa, na próxima segunda-feira (20) a partir das 16h (horário de Brasília), desta vez no estádio Almeidão, em João Pessoa.

Em João Pessoa, seleção inicia treinos para amistosos contra Argentina no estado

A maior parte do grupo chegou à capital paraibana na segunda-feira (13). Nesta terça, a meia-atacante Marta e a atacante Debinha se integraram à delegação, que reúne 23 jogadoras. Pouco mais da metade delas (12) não esteve na Olimpíada de Tóquio (Japão) e cinco podem estrear pela seleção: a goleira Lorena (Grêmio), as laterais Katrine (Palmeiras) e Bruninha (Santos) e as zagueiras Thais (Palmeiras) e Lauren (São Paulo).

Anvisa tem página hackeada com bandeira da Argentina

O incidente ocorre após decisão da agência de interromper jogo de futebol pelas Eliminatórias da Copa do Mundo no último domingo (5) entre Brasil e Argentina. O formulário que sofreu o ataque é obrigatório para todos, brasileiros ou não, que pretendem ingressar no país —e foi preenchido com informações falsas por quatro atletas argentinos, que ocultaram sua passagem pelo Reino Unido nos últimos 14 dias.

Fifa lamenta suspensão de Brasil x Argentina e abre investigação

A entidade que comanda o futebol mundial lamentou o ocorrido na Neo Química Arena e disse que irá analisar os relatórios oficiais do jogo para realizar uma investigação. "A Fifa lamenta as cenas anteriores à suspensão da partida entre Brasil e Argentina pelas Eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2022, que impediram milhões de torcedores de desfrutar de uma partida entre duas das mais importantes nações de futebol do mundo", disse a Fifa, em nota. "Os primeiros relatórios oficiais da partida foram enviados à Fifa. Estas informações serão analisadas pelos órgãos disciplinares competentes e uma decisão será tomada no devido tempo", completou a entidade. O duelo entre Brasil e Argentina foi interrompido aos 6 minutos de jogo, depois que agentes da Anvisa entraram em campo para ordenar a retirada de quatro atletas argentinos que teriam descumprido normas sanitárias de quarentena ao entrarem no país.

Agentes da Anvisa entram em campo, e Brasil x Argentina é suspenso

Horas antes do jogo, a Anvisa afirmou que atletas argentinos descumpriram regras de quarentena contra a Covid-19. Em nota divulgada neste domingo (5), a agência disse que acionou a Polícia Federal e que os argentinos devem ser imediatamente isolados. Segundo a Anvisa, os atletas deram informações falsas e ocultaram que estiveram no Reino Unido nos últimos 14 dias. Viajantes que passaram recentemente por este e mais alguns locais (África do Sul, Irlanda do Norte e Índia) não podem entrar no Brasil, conforme regra adotada pelo governo Jair Bolsonaro para evitar a disseminação de variantes da Covid-19. "Diante da confirmação de que as informações prestadas pelos viajantes eram falsas, a Anvisa esclarece que já comunicou o fato à Polícia Federal, a fim de que as providências no âmbito da autoridade policial sejam adotadas imediatamente", disse a Anvisa. Os atletas Emiliano Martínez, Emiliano Buendia, Giovani Lo Celso e Cristian Romero atuam em clubes da Premier League e estiveram no Reino Unido nos últimos dias. Eles só poderiam ter entrado no país para o jogo das Eliminatórias após 14 dias fora dos locais sob restrição. De acordo com a agência, há "notório descumprimento" das regras sanitárias.

Pia Sundhage convoca seleção para amistosos contra Argentina em João Pessoa e Campina Grande

Para esse novo ciclo Pia convocou seis jogadoras pela primeira vez: a goleira Lorena (Grêmio), as defensoras Katrine (Palmeiras), Yasmin (Corinthians), Lauren (São Paulo), Bruninha (Santos), além da meia Thaís (Palmeiras). Destas, apenas Yasmin já havia vestido a camisa da seleção, antes de a sueca assumir o comando. Por outro lado, a goleira Bárbara, titular da seleção por vários anos, ficou de fora da lista. Já a meio-campista Marta, outro nome há anos na seleção, foi convocada.

Seleção brasileira enfrentará Argentina em dois jogos na Paraíba, em setembro

O clássico sul-americano será disputado nas cidades de João Pessoa e Campina Grande. A primeira partida está marcada para o dia 18, no Estádio José Américo de Almeida Filho, o Almeidão, na capital paraibana. No dia 21, as duas seleções voltam a se enfrentar, desta vez, no Estádio Governador Ernani Sátiro, o Amigão, em solo campinense. Os jogos na Paraíba serão a primeira oportunidade, neste ano, que a Seleção Feminina jogará em seus domínios. A última vez que as brasileiras atuaram no país foi em dezembro de 2020, em duas partidas preparatórios diante do Equador.

Argentina planeja dar 100 mil passagens grátis para atrair turistas da América do Sul

“O mundo vai ver uma explosão de demanda e a Argentina tem que ser agressiva para buscar estes turistas. Tem que haver estímulo. As passagens nós damos. A Inprotur compra das Aerolíneas e nós bonificamos os turistas que passem 4 ou 5 noites aqui”, disse o ministro do Turismo e Esportes da Argentina, Matías Lammens. Estariam contemplados turistas vindos do Brasil, Chile e Paraguai, que representam 65% do turismo receptivo da Argentina. O plano ainda não é oficial, precisa ser ratificado pela Casa Rosada e ainda pode sofrer ajustes, claro. Mas é uma boa notícia saber que estamos próximos de poder voltar a visitar Buenos Aires, Bariloche, El Calafate e tantas outras atrações que a Argentina possui.
- Advertisement -

Latest News

Operadoras de internet dizem à CPI que muitas reclamações são causadas por “desconhecimento” de consumidores

Paulo César Alves, gerente da área de atendimento ao cliente, ouvidoria, gestão de reclamações e Call Center da BrisaNet; Marcelo Ricardo, técnico responsável da Online Telecom; e Nieremberg Ramos, consultor em telecomunicações da BR 27 garantiram que os preços ao consumidor não sofreram reajustes nos últimos anos. “Na questão dos preços, a gente só diminui os valores, não consegue aumentar, por causa da concorrência. Precisamos batalhar para entregar mais velocidade pelo mesmo valor”, disse Marcelo Ricardo. Os três representantes alegaram que as informações contratuais são fornecidas de forma clara aos clientes, e que muitas reclamações surgem pelo fato dos consumidores desconhecerem a complexidade do serviço. “O cliente precisa ter consciência do serviço que está sendo contratado, falta esse letramento digital. Muitas vezes é o conteúdo que está sendo acessado que está fora do ar e o provedor acaba levando a culpa. É muito importante que se faça essa discussão para que todos tenham conhecimento sobre o tema”, afirmou Nieremberg Ramos. “Para o consumidor ter acesso a 100% da qualidade do serviço, ele precisa usar em um único equipamento, cabeado. O teste de velocidade só é eficaz se for feito nessas condições. Se o consumidor usa o wifi, ou muitos equipamentos, a velocidade é reduzida”, complementou Paulo César Alves. A proximidade com o consumidor final para solução de conflitos foi apontada como uma vantagem das operadoras de pequeno porte pelos representantes das empresas ouvidas. “Na BrisaNet optamos por não terceirizar serviços para termos total controle de todo o processo. Temos canais para explicar, tentar resolver e, se for necessário, enviar um técnico à casa do cliente sem custo adicional”, afirmou o gerente da empresa.
- Advertisement -

João Pessoa segue aplicando 1ª, 2ª e 3ª dose contra covid-19 nesta terça; veja grupos

Para receber a primeira dose da vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2 e D3 é necessário o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto, além de comprovação documental para trabalhadores de saúde e imunossuprimidos. Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias atingidas pelos efeitos da pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Defensoria Pública retoma serviços presenciais em Núcleos de Atendimento

As unidades regionais de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras e Guarabira já estão atendendo presencialmente, mas não excluíram o atendimento por chat e WhatsApp. O retorno é gradual, limitado e segue os protocolos de segurança contra a covid-19. A reabertura não inclui as Salas de Atendimento da DPE-PB que funcionam dentro dos fóruns. Nas comarcas, o atendimento continua remoto, assim como o Fórum de Mangabeira, que atende a população de João Pessoa que reside nos bairros da zona Sul. O defensor público-geral da DPE, Ricardo Barros, explica que o atendimento já vem acontecendo há algumas semanas de forma experimental e que o uso do Chat e aplicativo de mensagem deverá fazer parte da nova rotina de atendimento da DPE-PB. "Para evitar aglomerações nas nossas unidades, os assistidos podem continuar usando os meios virtuais. O Chat continua disponível no nosso site, assim como a lista de contatos de WhatsApp utilizados na pandemia. Esses canais de comunicação que surgiram na pandemia vieram para ficar e não serão desativados com o retorno das atividades presenciais", adiantou.

Conde promove Dia D do Outubro Rosa nesta terça-feira

Entre as 8h e as 15h desta terça-feira, o Ginásio da Praça Central da cidade estará aberto para receber população feminina condense com palestras educativas e a disponibilização de diversos serviços. Serão realizados atendimento médico, psicológico, ginecológico, obstétrico, assistência social (orientação para laqueadura), orientação nutricional, acupuntura, Beta HCG, tipagem sanguínea, teste de covid e massagens, além de exposições educativas para mulheres. “Durante este mês de outubro, a Secretaria de Saúde tem percorrido o município levando ações educativas sobre a prevenção ao câncer de mama, do colo e do útero, e sobre outros tipos de doenças que acometem as mulheres com mais frequência”, explicou a secretaria de Saúde, Vanessa Cintra.

Na Paraíba, Coletivo Online segue com mais de 400 vagas abertas para capacitação de jovens ao primeiro emprego

As inscrições são gratuitas e trazem como pré-requisitos: idade entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. O programa online distribui conteúdos por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, permitindo que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento. Ao longo da formação, os jovens terão acesso a temas como: plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e preparação para processos seletivos. Durante cinco semanas, os participantes recebem 11 videoaulas e atividades para testarem seus conhecimentos no próprio celular. Após a conclusão do curso, os jovens recebem certificado de conclusão e são direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo. A partir daí, eles estão aptos a concorrerem às vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.