26.1 C
João Pessoa
23.9 C
Campina Grande
25.5 C
Brasília

cannes

Brasileiros em Cannes protestam contra Bolsonaro: ‘Fora, gângster genocida’

"Brasil: 530.000 mortos. Fora, gângster genocida". Estas foram as palavras de ordem numa imensa faixa vermelha erguida em protesto contra o governo brasileiro nesta noite de sexta (9) no Festival de Cannes. Organizada pelas equipes de quatro obras brasileiras em exibição na cidade francesa neste ano, a manifestação foi feita logo após a exibição do filme "O Marinheiro das Montanhas", do diretor cearense Karim Aïnouz – que em 2019 ganhou em Cannes o principal prêmio da competição Um Certo Olhar, com "A Vida Invisível". Sob investigação em uma CPI no Congresso, o governo Bolsonaro é suspeito de ter falhado no combate à pandemia no Brasil em várias áreas. Segundo advogados, suspeitas como a de descaso na aquisição das vacinas, tentativa de alterar a bula da cloroquina para que o medicamento fosse prescrito como tratamento da Covid-19 e a formação de um "gabinete paralelo" para aconselhamento do presidente podem embasar acusações criminais.

Festival de Cannes volta com a missão de mostrar ao mundo que o cinema vive

Spike Lee, que deveria ter presidido o júri no ano passado, volta agora à função -pela primeira vez ocupada por um negro-, à frente de um grupo que ainda tem nomes como Song Kang-ho, Mélanie Laurent, Mati Diop, Maggie Gyllenhaal e o cineasta pernambucano Kleber Mendonça Filho. "Eu gosto dessas experiências de júri, não importa o tamanho do festival. Os júris são formados por pessoas da cultura, do cinema. Vemos filmes, discutimos ideias. São experiências humanas e artísticas, às vezes experiências imperfeitas. E é assim a vida", diz Mendonça Filho.

Kleber Mendonça Filho, de ‘Bacurau’, integrará o júri do Festival de Cannes

A seleção principal não incluiu filmes brasileiros na edição deste ano, que retoma o festival depois de um hiato de quase dois anos -a edição de 2020 foi cancelada por causa da pandemia de coronavírus. O Brasil aparece como coprodutor (com a RT Features, de Rodrigo Teixeira) do filme "Bergman Island", dirigido pela francesa Mia Hansen-Love. O carioca está por trás de sucessos como "Me Chame Pelo Seu Nome" e o nacional "A Vida Invisível", que foi premiado no evento francês no ano retrasado.
- Advertisement -

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Defesa Civil reforça monitoramento devido possibilidade de chuvas fortes no fim de semana

As equipes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec/JP) seguem em prontidão, intensificando o monitorando as áreas...
- Publicidade -

JOÃO PESSOA: Adolescente é atacado por pitbull em Mangabeira

Um adolescente de 12 anos foi atacado por um cão da raça pitbull em João Pessoa. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (27)...

Talibãs rejeitam pedido da ONU para reverter restrições às mulheres

Os talibãs rejeitaram hoje (27) um pedido do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) para reverter as restrições impostas às mulheres afegãs,...

4 DE JUNHO: Saúde realiza Dia D de vacinação contra covid-19, influenza e sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará, no dia 4 de junho, o Dia D de vacinação contra covid-19, influenza e sarampo. O...

EDUCAÇÃO: Prefeito assina ordem de serviço para reforma da 35ª escola e entrega mais 300 tablets para estudantes

A força-tarefa da Prefeitura de João Pessoa para reestruturação da Rede Municipal de Ensino continuou na manhã desta sexta-feira (27). Desta vez serão beneficiados...