30.1 C
João Pessoa
28.9 C
Campina Grande
19.5 C
Brasília

Clima

Veja como fica o tempo neste domingo (17) em João Pessoa

De acordo com o Climatempo, este domingo (17) deve ser marcado por sol com muitas nuvens ao longo do dia em João Pessoa. A previsão estima uma temperatura máxima de 29ºC. Já a mínima deve ficar na casa dos...

ALERTA: Inmet prevê chuvas fortes com ventos de até 100km/h na Paraíba

Mais de 110 cidades paraibanas receberam alerta do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) para a ocorrência de chuvas e ventos fortes. De acordo com o documento, podem ocorrer chuva entre 50 e 100 mm/dia e com ventos intensos que...

Confira a previsão do tempo para este primeiro dia de 2022

Segundo previsão do Climatempo, o primeiro dia de 2022 na capital paraibana e região será marcado por sol com algumas nuvens, além de chuva rápida durante o dia e à noite. Vale ressaltar que este sábado, dia primeiro, é...

Confira a previsão do tempo em toda a Paraíba para o Réveillon

O último dia de 2021 na Paraíba traz variação da temperatura mínima de 21°C no Brejo, Agreste e Cariri/Curimataú até a máxima de 37ºC no Sertão. No Litoral, a temperatura varia de 25°C a 32°C nesta sexta-feira (31), com céu...

Prefeitura promove evento para discussão sobre Plano de Ação Climática de João Pessoa

O secretário de Meio Ambiente de João Pessoa (Semam), Welison Silveira, destacou que o plano é uma ferramenta indispensável para definir o roteiro de descarbonização da economia e vinculá-lo a objetivos socioeconômicos. “Queremos incentivar a criação de empregos, estimular a inovação e melhoria da qualidade de vida da população de João Pessoa com foco na adaptação e resiliência do município frente às mudanças climáticas”, destacou.

Biden promete “liderar pelo exemplo” no esforço de conter aquecimento

Em discurso na Cúpula de Líderes Mundiais da 26ª Conferência do Clima das Nações Unidas (COP26), ele afirmou que o esforço para conter o aquecimento global "é imperativo moral, mas também econômico". O presidente destacou a possibilidade de serem criados novos trabalhos e oportunidades econômicas e também de reduzir a atual volatilidade dos preços do gás natural e o custo das faturas de eletricidade. "Os preços altos de energia só reforçam a necessidade urgente de diversificar as fontes, reforçando o desenvolvimento limpo", argumentou. Biden prometeu "investimentos históricos em energia limpa", benefícios fiscais para a instalação de painéis solares e isolamento das casas e aquisição de veículos elétricos, ao mesmo tempo que exaltou o potencial de criação de postos de trabalho na fabricação de painéis e torres eólicas, instalação de cabos para as redes elétricas e produção de sistemas de captura de dióxido de carbono. No discurso, reiterou o compromisso de cortar as emissões de gases de efeito de estufa em 50% a 52% relativamente aos níveis de 2005, equivalentes a mais de uma gigatonelada até 2030, para atingir a neutralidade carbônica até 2050. "Queremos demonstrar que os EUA não estão apenas de volta à mesa [de negociações], mas vão liderar com o poder do exemplo", disse ele em referência à volta ao Acordo de Paris, do qual o seu antecessor, Donald Trump, tinha se afastado.

ONU: adaptação climática pode custar US$ 300 bilhões por ano até 2030

O documento recomenda a reestruturação e o perdão da dívida dos países mais vulneráveis às alterações climáticas, mais empréstimos por parte dos bancos multilaterais de desenvolvimento e maior alcance dos mercados de obrigações verdes, que são atualmente severamente restringidos por várias políticas reguladoras.

Pesquisa constata aumento da temperatura média do ar na Paraíba

A tendência de alta pode comprometer a eficiência da produção de energia solar fotovoltaica no estado, por provocar diminuição da tensão elétrica em painéis fotovoltaicos - equipamentos responsáveis pela captação e conversão da luz solar em eletricidade, reduzindo a geração de energia elétrica. Segundo o estudo realizado pela pesquisadora Louise Pereira da Silva no âmbito do Programa de Pós-graduação em Energias Renováveis da UFPB, o aumento da temperatura média do ar na Paraíba foi de 1ºC nos últimos 30 anos. Hoje, é de 25,3 °C. Esse crescimento foi observado nas quatro regiões geográficas intermediárias do estado (João Pessoa, Campina Grande, Patos e Sousa-Cajazeiras). Nos municípios onde ficam as estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) na Paraíba, locais de realização da pesquisa da UFPB, a elevação anual da temperatura média do ar foi a seguinte: João Pessoa (0,03 °C), Areia (0,02 °C), Campina Grande (0,02 °C), Monteiro (0,05°C), Patos (0,04 °C), São Gonçalo [distrito de Sousa] (0,06 °C). Os dados climáticos históricos de irradiação solar e de temperatura média do ar dessas estações meteorológicas, instaladas nas últimas três décadas na Paraíba, foram o que permitiu a realização do estudo. De acordo com o Inmet, as estações meteorológicas têm o objetivo de monitorar e analisar a previsão do clima e do tempo no estado. Ao todo, são seis convencionais e duas automáticas presentes em solo paraibano.

Pesquisadores criam painéis interativos para análises geográficas e climáticas da Paraíba

A iniciativa possibilitará que usuários sem conhecimento profundo em programação criem dashboards de vários tipos, incluindo texto, imagem, listas suspensas, mapas georreferenciados, gráficos e tabelas para visualização de dados. Os painéis interativos foram desenvolvidos no âmbito do projeto Plataforma Multi-Mapa PB, que conta com 11 participantes, nove estudantes de graduação e dois professores. Os docentes são do Departamento de Engenharia Elétrica e do Departamento de Engenharia de Energias Renováveis do Centro de Energias Alternativas e Renováveis da UFPB, respectivamente Helon Braz e Flavio Gomes.

Chuvas na Capital já superaram metade da média histórica do mês

“Já ultrapassamos a metade da média histórica esperada para o mês de agosto e está tudo sob controle. O trabalho preventivo que realizamos, juntamente com outras secretarias do âmbito municipal, colabora bastante para essa tranquilidade. Os transtornos ocorridos neste ano estão sendo mínimos, lembrando que estamos em pleno Inverno”, afirma Kelson Chaves, secretário da Defesa Civil de João Pessoa.
- Advertisement -

Últimas Notícias

VACINA JOÃO PESSOA: Veja onde se vacinar contra COVID-19 nesta sexta

A Prefeitura de João Pessoa dá continuidade a sua campanha de vacinação contra a Covid-19, nesta sexta-feira (20), imunizando...
- Publicidade -

PREOCUPANTE: Hospital Infantil do Valentina tem 90% dos leitos ocupados

Aumentaram os casos de crianças com Síndrome Respiratória Aguda atendidas no Hospital Infantil do Valentina, em João Pessoa. De acordo com o diretor técnico...

RETORNO: Postos de atendimento da Cagepa voltam a atender sem agendamento e reabrem aos sábados

A Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) inicia, neste sábado (21), a quarta e última fase de reabertura dos seus postos de...

MPPB recomenda retorno de servidores da Câmara Municipal de Santa Rita ao trabalho presencial

O Ministério Público da Paraíba (MPPB) recomendou, nesta quinta-feira (19/05), ao presidente da Câmara de Vereadores de Santa Rita, Francisco de Medeiros Silva, o...

PRONATEC-PB: Educação abre mais de 2,5 mil vagas destinadas a alunos, professores e equipe técnica

ASecretaria de Estado da Educação e da Ciência e Tecnologia da Paraíba (SEECT-PB) divulgou, nesta quinta-feira (19), no Diário Oficial do Estado, três editais...