28.1 C
João Pessoa

Fabrício Queiroz

Queiroz é tietado por deputados e bate continência para Roberto Jefferson de papelão

O ex-assessor do senador Flávio Bolsonaro é apontado pelo MP como operador do esquema de 'rachadinha' na Alerj. Solto graças a uma decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça), o ex-assessor de Flávio compareceu ao ato vestindo uma camisa da seleção brasileira, assim como boa parte do público. Queiroz foi abraçado pelo deputado federal Otoni de Paula (PSC-RJ), alvo do inquérito das "fake news", e pelos deputados estaduais Rodrigo Amorim e Felipe Poubel, ambos do PSL-RJ. Ele publicou fotos em suas redes sociais no qual bate continência para o presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, preso preventivamente por ordem do ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal).

Noronha, do STJ, suspende investigação contra Flávio Bolsonaro no caso da rachadinha

O ministro João Otávio de Noronha, do STJ (Superior Tribunal de Justiça), determinou a suspensão da investigação contra o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), o policial militar aposentado Fabrício Queiroz, acusado de operar o esquema da "rachadinha" no gabinete do filho do presidente Jair Bolsonaro, e outros 15 investigados. Assim, o TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) deverá suspender a apuração contra o grupo acusado pelo Ministério Público do RJ de fazer um esquema de arrecadação de salário dos funcionários de Flávio quando ele era deputado estadual. Noronha afirmou que a relatora do caso em segunda instância, a desembargadora Maria Augusta Vaz, teria acolhido pedido do MP e mantido nos autos documentos que foram declarados nulos pela Quinta Turma do STJ. A decisão foi dada a pedido de Queiroz, que é amigo do chefe do Executivo desde a década de 1980 e era assessor de Flávio na Assembleia Legislativa do Rio. A decisão faz referência à ordem da Justiça fluminense do início do mês de acolher pedido do MP do Rio e manter a tramitação da denúncia contra o senador mesmo após a anulação das quebras de sigilo bancário e fiscal dos acusados. O MP-RJ argumenta que, mesmo sem os dados tornados nulos pelo STJ, a análise sobre a acusação contra o senador deve prosseguir.

Corrupção deve ficar em segundo plano na campanha de Lula em 2022

O partido se sente mais confiante em tratar do tema após a série de vitórias sobre a Lava Jato, mas sabe que ele é sensível e deve ser muito explorado por adversários. Na campanha, a tendência é confinar a corrupção ao papel de coadjuvante no arsenal de Lula contra o presidente Jair Bolsonaro, bem atrás das discussões sobre pandemia, economia e ataques às instituições. Atingido nos últimos anos por escândalos como mensalão e petrolão, o PT deve ter atitude mais reativa, respondendo se provocado.

STF forma maioria para arquivar pedido de investigação de cheques a Michelle Bolsonaro

Até o momento, os ministros Alexandre de Moraes, Cármen Lúcia, Nunes Marques, Ricardo Lewandowski e Rosa Weber acompanharam o voto do relator, ministro Marco Aurélio Mello. O julgamento virtual começou no dia 25 de junho e a data de fim prevista é 2 de agosto. Em seu voto, Marco Aurélio relembrou decisão que ele já havia tomado em maio deste ano, mandando arquivar o pedido de abertura de uma investigação. A decisão atendeu ao procurador-geral da República, Augusto Aras, que se manifestou contra a abertura da apuração. Normalmente, quando o MPF (Ministério Público Federal), que é o titular da ação penal, se manifesta pela rejeição de uma notícia-crime, é de praxe que os ministros promovam o arquivamento do pedido.
- Advertisement -

Últimas Notícias

Botafogo-PB tem confronto decisivo neste sábado

O Botafogo-PB tem confronto decisivo neste sábado, às 17h, contra a equipe do Aparecidense, de Goiás, pela última rodada...
- Publicidade -

Veneziano diz que pretende retomar parceiras do Governo da PB com os clubes de futebol do Estado

O pré-candidato a governador da Paraíba Veneziano Vital do Rêgo (MDB) afirmou que, eleito governador, irá retomar as parcerias com os clubes de futebol...

Mega-Sena  paga prêmio de R$ 27 milhões neste sábado 

O Concurso 2.510 da Mega-Sena, que será sorteado hoje (13) à noite em São Paulo, pagará o prêmio de R$ 27 milhões a quem...

‘Vítima de perseguição política’, diz Ricardo após decisão do STF que o torna inelegível 

Após a ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Rosa Weber, negar o pedido do petista para disputar as Eleições 2022, o candidato ao Senado...

Ex-aliado de João Azevêdo anuncia apoio a Pedro Cunha Lima

Ex-aliado de João Azevêdo, o prefeito da cidade de São José do Sabugi, Segundo Domiciano, anunciou nesta sexta-feira (12) o apoio a Pedro Cunha...