29.8 C
João Pessoa

Política

Quem é e o que pensa Affonso Celso Pastore, o conselheiro econômico de Moro

O economista Affonso Celso Pastore, 82 anos, ex-presidente do Banco Central entre 1983 e 1985, foi anunciado pelo ex-ministro Sergio Moro (Podemos) como seu "conselheiro" para assuntos macroeconômicos na corrida presidencial em 2022. "É um dos melhores nomes do...

Ex-estrategista de Trump aconselha Bolsonaro a investir em agenda conservadora de costumes

Bannon, aliado e ex-estrategista do ex-presidente Donald Trump, se entregou ao FBI nesta segunda-feira (15). Ele é acusado de ter desobedecido um mandado do comitê legislativo que investiga a invasão do Congresso americano em 6 de janeiro. O assessor foi liberado sem precisar pagar fiança após se apresentar perante uma corte federal. De acordo com o Estadão, o entendimento de adversários e apoiadores é de que "se Paulo Guedes não produzir um milagre, restará ao presidente apostar na realidade paralela e na guerra cultural para chegar ao segundo turno". Nos cálculos bolsonaristas, a agenda conservadora poderia garantir uns 15% no primeiro turno.

‘Aqui não muda nada’ diz presidente Estadual do Podemos na Paraíba sobre apoio a reeleição do governador João Azevedo

Em entrevista ao portal F5 Online na tarde desta sexta- feita, o presidente estadual da legenda, Júnior Pires, confirmou que a legenda vai apoiar a reeleição do governador João Azevedo em 2022. “Está decidido: vamos apoiar o governador João...

Morre a jornalista e colunista de política Cristiana Lôbo, aos 64 anos

Cristiana atuou no jornalismo por mais de 30 anos. Começou a carreira cobrindo a política do estado de Goiás, até se mudar para Brasília. Contratada pelo jornal "O Globo", foi setorista do Ministério da Saúde - época em que viu ser criada a carteira de vacinação. Acompanhou de perto também as decisões do Ministério da Educação. Ainda no "Globo", trabalhou na coluna Panorama Político. Depois de 13 anos no jornal, assumiu a coluna política do jornal o "Estado de S. Paulo". A estreia na televisão foi na GloboNews, em março de 1997. Naquele mês, passou a integrar o time de comentaristas do Jornal das Dez - analisando os principais fatos da política e os bastidores do poder. E marcou presença nos telejornais da casa. Comandou também o programa Fatos e Versões e a coluna os bastidores da política, no g1.

Nilda Gondim elogia aprovação pelo Senado da proposta que garante recursos de loterias ao esporte paralímpico

O CBPC tem a atribuição de promover políticas públicas para o esporte paraolímpico. A legislação atual já prevê que a Caixa Econômica Federal deve encaminhar diretamente ao CBPC 15% da verba destinada ao Comitê Brasileiro de Clubes. Mas para isso deveria ter início a arrecadação da Loteria Instantânea Exclusiva (Lotex), que ainda não foi implementada. O senador Carlos Viana explicou que ainda não se sabe quando e se um dia a Lotex funcionará. O relator, senador Romário (PL-RJ) apresentou relatório favorável e destacou que na falta de funcionamento da Lotex, o paradesporto não tem recebido nenhuma verba de loteria.

Daniella Ribeiro participa de reunião na Fiep com pauta sobre desenvolvimento de CG e instalação da Caixa Agro

Daniella explicou que reuniões como a de hoje são necessárias para traçar objetivos, identificar necessidades e apontar caminhos para o desenvolvimento de cidades. Ela disse que a reunião foi bastante produtiva e que o ponto principal abordado foi a instalação da Caixa Agro em Campina Grande, o que vai facilitar a vida de pequenos produtores rurais que terão assistência especializada como forma de valorizar o agronegócio na Paraíba.

Em audiência com ministro da Infraestrutura, Veneziano garante verba para iniciar duplicação da BR 230 de Campina Grande ao Sertão

Ao ministro, Veneziano destacou a importância da obra, considerando estudos técnicos já realizados que comprovam a necessidade da duplicação, a partir do grande fluxo de veículos no trecho, sobretudo os veículos que transportam cargas, o que justifica a sua preocupação para que a obra seja iniciada o mais rápido possível. Ele afirmou que a necessidade da duplicação já foi comprovada há muito tempo e que a obra é uma “antiga e justa reivindicação dos paraibanos”.

TSE retoma julgamento de ação que pede cassação da chapa presidencial

O julgamento de duas ações protocoladas pela coligação formada pelo PT, PCdoB e PROS teve início na terça-feira (26). As legendas pedem a cassação da chapa formada por Bolsonaro e Mourão pelo suposto cometimento de abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. De acordo com os três partidos, teria ocorrido o impulsionamento ilegal de mensagens pelo WhatsApp durante a campanha eleitoral de 2018.

Bolsonaro sanciona projeto que abranda Lei de Improbidade

O texto foi aprovado pela Câmara no começo de agosto. Dentre as mudanças, estabelece que apenas o Ministério Público poderá entrar com uma ação por improbidade administrativa. Hoje outros órgãos públicos, como a AGU (Advocacia-Geral da União) e as procuradorias municipais, também podem apresentar essas ações à Justiça. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), já foi condenado em duas ações de improbidade administrativa na Justiça de Alagoas.

Relatório final da CPI pede indiciamento de Bolsonaro e seus filhos

Renan segue apontando contra o presidente os crimes de epidemia com resultado; infração de medida sanitária preventiva; charlatanismo; incitação ao crime; falsificação de documento particular; emprego irregular de verbas públicas; prevaricação; crimes contra a humanidade, nas modalidades extermínio, perseguição e outros atos desumanos, do Tratado de Roma; e crime de responsabilidade, previsto na lei 1.079/1950, por violação de direito social incompatibilidade com dignidade, honra e decoro do cargo.
- Advertisement -

Latest News

Após vencer prévias, Doria diz ser “possível” aliança com Moro para 2022

“É possível. Eu tenho boas relações com Sergio Moro e tenho respeito por ele, não haveria nenhuma razão para não manter relações com alguém que ajudou o Brasil, com alguém que contribuiu com a Lava Jato, assim como Simone Tebet, uma brilhante senadora, e o senador Rodrigo Pacheco, com boa postura e equilíbrio”, disse o governador de São Paulo, vencedor das prévias tucanas para candidato à Presidência pelo partido neste fim de semana. Doria afirmou já ter entrado em contato com outros pré-candidatos para desenvolver articulações conjuntas visando o próximo ano e expressou desejo de que o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (segundo lugar nas prévias do PSDB) integre a equipe de campanha da sigla nas eleições. 
- Advertisement -

Prefeito de Salvador cancela festa de Réveillon 2022

"Os números de óbitos e internações só fazem cair na nossa cidade. Só que, em um cenário de incertezas e dúvidas, não há como realizar Festival Virada, que é um evento para mais de 250 mil pessoas", afirmou Bruno Reis. "Ainda não é o momento de colocar em risco tudo o que construímos até aqui. Colocamos a vida em primeiro lugar e seguiremos dessa forma", acrescentou o gestor.

Estado paga salários de novembro nesta semana

Essa é a primeira parte do calendário de pagamento de fim de ano anunciado pelo governador João Azevêdo, que vai injetar na economia paraibana R$ 1,4 bilhão nos próximos 26 dias. Além da folha de novembro, serão pagos neste intervalo a segunda parcela do 13° salário, o Abono Natalino para beneficiários do Auxílio Brasil, e a premiação de Mestres da Educação e Escola de Valor, com 14° e 15° salários dos professores.

31 pesquisadores da Capes renunciam coletivamente

Em carta, os cientistas, que são da área de Matemática, Probabilidade e Estatística (Mape), acusam a Capes de não respaldar o trabalho de avaliação desempenhado por eles e criticam a presidência da instituição por não defender a Avaliação Quadrienal da pós-graduação, suspensa por decisão judicial em setembro. As informações são do jornal O Globo. A carta afirma que a instituição tem alterado parâmetros sem consultar as áreas responsáveis. Os pesquisadores afirmam que foram demandados a elaborar pareceres sobre expansão de programas de pós via ensino à distância com rapidez. Segundo eles, as decisões da Presidência e da Diretoria de Avaliação (DAV) da Capes têm pego os pesquisadores "de surpresa" e causam prejuízos ao trabalho.

Dia do Evangélico: PL filia Bolsonaro com festa religiosa nesta terça

Assim como em 2018, os evangélicos representam um grupo político bastante abraçado e visado pelo presidente. Grupos de fiéis de igrejas teriam sido convidas a integrar o evento, que deve contar com a participação de lideranças protestantes. Assim como o pai, o senador Flávio Bolsonaro também assinará a ficha de adesão ao PL na mesma ocasião. O parlamentar está de saída do Patriota.