25.1 C
João Pessoa
23.9 C
Campina Grande
11.5 C
Brasília

PSL

Efraim reúne jornalistas para bate-papo sobre o União Brasil e destaca protagonismo da legenda

Para o parlamentar, uma das prioridades do União Brasil será garantir a continuidade como a maior bancada do Congresso Nacional e eleger o maior número de governadores pela legenda. O deputado afirma que "o novo partido pode ser um porto seguro para muitos porque tem estrutura. Separados, DEM e PSL eram dois projetos de sobrevivência, mas juntos somos protagonistas". Por já ter nascido grande, o partido terá a prerrogativa de escolher nomes para as principais comissões. Segundo o regimento da Câmara, a escolha das cadeiras, por exemplo, deve obedecer a participação proporcional das legendas com atuação, o que só será definido daqui alguns meses. Sabe-se apenas que o União Brasil poderá indicar a participação em quatro comissões, sendo uma delas a de Constituição e Justiça, considerada a principal da casa.

TSE aprova registro e estatuto do União Brasil, partido resultante da fusão entre DEM e PSL

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou nesta terça-feira (8), por unanimidade, a fusão dos partidos DEM e PSL – que passam, agora, a formar o partido União Brasil. O TSE deferiu o registro e o estatuto do novo partido. Com a decisão, o União Brasil...

PL se fortalece com a onda Bolsonarista

O partido Liberal (PL) deve ampliar ainda mais o número de filiados na Paraíba depois da chegada do presidente Jair Bolsonaro à sigla. Os deputados Cabo Gilberto e Moacir Rodrigues, ambos do PSL, já anunciaram filiação para os próximos dias. A...

Datena troca PSL por PSD e deve disputar o Senado

Com a mudança, Datena deve desistir do Palácio do Planalto e disputar o Senado. O apresentador resolveu mudar de partido depois da fusão entre PSL e DEM para a criação da União Brasil. Kassab também espera a filiação de Geraldo Alckmin após as prévias tucanas, para fechar o palanque em São Paulo.

Vereador desmaia após ser associado a “ideologia de gênero”

O parlamentar estava revoltado por uma suposta fake news de que ele apoiaria a chamada “ideologia de gênero”. Diego Espino chegou a apresentar um projeto de lei que defende o uso do nome social para pessoas trans e travestis. A partir daí teriam surgido posts nas redes sociais que o acusavam de fazer um projeto favorável à “ideologia de gênero”. "O meu nome é Diego Espino, vocês não vão f* comigo. Eu estou do lado deles sim, pessoas que sofrem desde menino. Peita eu. Eu nunca fui a favor de ideologia de gênero e nunca vou ser. A pessoa pode escolher o que ela quer ser e cês tem que respeitar. Eu estou aqui pelo certo e o certo é o certo. Vocês vão ter que me segurar", disse o parlamentar durante o discurso no plenário. Segundo a assessoria de Diego Espino, o vereador teria tido uma queda de pressão por conta do nervosismo. Ele foi atendido em um posto de saúde, mas já foi liberado e voltou ao gabinete.

Pacheco anuncia saída do DEM e filiação ao PSD de olho em 2022

Esse é o primeiro passo formal para uma possível candidatura à sucessão de Jair Bolsonaro (sem partido) em 2022. "Comunico que, nesta data, tomei a decisão de me filiar ao PSD, a convite de seu presidente, Gilberto Kassab. Agradeço aos filiados, colegas e amigos do Democratas de Minas Gerais e de todo o país o período de convivência partidária saudável e respeitosa", escreveu. Pacheco ainda agradeceu o presidente do DEM, ACM Neto, e desejou sucesso ao recém-criado União Brasil (fusão do DEM com o PSL). O convite para sair do DEM foi feito há meses por Kassab. Embora não diga publicamente que será candidato ao Planalto, na sigla, o parlamentar é tratado como um dos mais fortes postulantes a furar a atual polarização eleitoral entre Lula (PT) e Bolsonaro. No meio político, Pacheco também já é tratado como candidato à Presidência, inclusive sendo alvo de críticas segundo as quais sua atuação no comando do Senado tem sido pautada mais por influência dessa pretensão eleitoral do que pela análise do mérito dos temas em questão. Diferentemente de Arthur Lira (PP-AL), claro aliado de Bolsonaro, o senador tem tomado decisões, públicas e nos bastidores, que contrariam os interesses do Palácio do Planalto.

Governador do Tocantins é alvo da PF, e STJ o afasta do cargo por 6 meses

Segundo apurou a reportagem do UOL, o governador foi afastado por seis meses do cargo em razão da suposta obstrução de investigações sobre o combate à corrupção e pagamento de vantagens indevidas ao Plansaúde (Plano de Saúde dos Servidores do Estado do Tocantins). Também foi decretado o afastamento do Secretário de Segurança do Estado, Cristiano Barbosa Sampaio. De acordo com o STJ e a PF, as operações do Ministério Público Federal e da Polícia Federal visam desarticular um grupo que tentava obstruir investigações que apuram irregularidades na cúpula do governo do estado. "O teor das decisões proferidas pelo ministro relator dos inquéritos foi antecipado aos demais membros da Corte Especial do STJ, as quais serão submetidas ao colegiado para referendo", informa o STJ, em nota. O colegiado poderá votar para manter a decisão do afastamento do governador ou revogá-la.

DEM e PSL confirmam criação do União Brasil; paraibano Efraim Filho integra executiva nacional

Segundo informações do blog do jornalista Wallison Bezerra, o deputado federal paraibano Efraim Filho (DEM-PB) vai integrar a executiva nacional do novo partido, ocupando o cargo de primeiro-secretário da legenda. "União Brasil que é União da Paraíba e de todos os Estados. Uma unidade em prol de um país democrático, livre, próspero e justo", publicou o parlamentar em redes sociais nesta quarta-feira (6). Embora não haja uma posição definida, o União Brasil trabalha com a possibilidade de lançar um candidato à presidência da República em 2022. “O que vamos discutir no momento oportuno é se vamos ter uma candidatura do próprio partido ou uma candidatura de um partido que se aglutine a nós. Em breve, depois de estarmos juntos, vamos começar a discutir um nome comum”, disse o presidente do PSL, Luciano Bivar. Bivar concedeu coletiva à imprensa junto com o presidente do DEM, ACM Neto. A expectativa dos dois dirigentes é que o TSE leve de dois a três meses para confirmar a fusão e o nascimento oficial do novo partido.

Vereador que tentou desobrigar uso de máscara morre de Covid-19 aos 34 anos

Thiarles Santos (PSL), que ficou quase um mês internado, deixa esposa e quatro filhos. Thiarles testou positivo em 16 de agosto. No mesmo dia, fez publicação nas redes sociais: "Fim do uso das máscaras. Jamais irei fazer qualquer distinção entre vacinados e não vacinados. Vamos lutar pelo não uso de máscara quando tivermos com 70% de vacinados, ou já tiverem contraído a doença". O PL (Projeto de Lei) chegou a ser protocolado na Câmara Municipal em agosto, mas ainda não foi discutido nas sessões ordinárias. No texto que justifica a proposta, Thiarles deu explicações —não comprovadas por órgãos científicos— de como a medida iria beneficiar pessoas que sofrem de problemas respiratórios.

Datena é convidado a se filiar ao PDT com opção de ser vice na chapa de Ciro Gomes

O jornalista afirmou estar "analisando de fato" a proposta. À Folha de S.Paulo o presidente do PDT, Carlos Lupi, contou que também há a possibilidade de Datena ser lançado a governador ou senador. "Vamos avaliar em pesquisa as três opções: vice-presidente, governador ou senador por São Paulo", disse Lupi. A conversa do presidente do PDT e Datena ocorreu na segunda-feira (13). O apresentador da Band se filiou ao PSL em julho. A sigla, porém, está prestes a concluir fusão com DEM, que pretende colocar o nome do ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) como pré-candidato. Por essa razão, disse Datena, ele decidiu manter conversas com outros atores políticos. "Eu acho que todo mundo está conversando com todo mundo. Eu sou novo nesse negócio de política, e nas outras vezes que tentei entrar na política comecei a entender o método das pessoas", disse Datena. "Duvido que o PSL não esteja conversando com outros candidatos e também não sei o que vai resultar dessa fusão do DEM. Então, estou ouvindo as pessoas, e o Ciro é um cara de quem gosto muito", afirmou. A hipótese de ele ser vice de Ciro foi ventilada em agosto. À época, ambos refutaram a possibilidade. Agora, no entanto, o chamado foi oficializado. "Tenho muita afinidade com o Ciro, e ele é um cara que eu respeito e gosto muito. Essa aproximação tem suas diferenças, mas é ideologicamente parecida. Ele é um cara honesto, decente, não é inviável [aceitar o convite]", disse Datena. "Respeito o Mandetta, mas o Ciro para mim é melhor que ele." O apresentador ainda afirmou que a decisão sobre o cargo ao qual se candidatará vai depender da performance em pesquisas eleitorais.
- Advertisement -

Últimas Notícias

ENQUETE F5: Se as eleições fossem hoje Pedro Cunha Lima seria o novo governador da Paraíba

O programa F5 da Rádio POP FM realizou uma enquete com os ouvintes e expectadores que acompanharam a transmissão...
- Publicidade -

Kassab avisa que PSD está livre para tomar suas decisões na PB e elogia o governador

O presidente Nacional do PSD Gilberto Kassab deixou nas mãos dos diretorianos do partido a decisão de como conduzir os destinos da legenda para...

DECIDIDO: STF confirma multa para motorista que recusa bafômetro

O Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu hoje (19) manter a validade da aplicação de multa para os motoristas que se recusam a fazer o teste do...

PATOS: Caravana do Opera Paraíba realiza mais 250 cirurgias no fim de semana

A partir desta sexta-feira (20), o Governo do Estado leva para cidade de Patos uma caravana do programa Opera Paraíba para realização de 250...

REUNIÃO: Semob-JP e Capitania dos Portos selam parceria nesta quinta-feira

Representantes da Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana (Semob-JP) e da Capitania dos Portos da Paraíba se reuniram, na tarde desta quinta-feira (19), com o...