24.1 C
João Pessoa
22.9 C
Campina Grande
19.5 C
Brasília

Remédio em Casa

Com R$ 10 milhões em emendas de Aguinaldo, ‘Remédio em Casa’ é ampliado para novo público em João Pessoa

Anteriormente, o programa atendia a população acima dos 85 anos acamada ou domiciliada. Com a mudança, o público atendido passa de 1 mil para 5 mil idosos. Para ser beneficiado, o cidadão precisa estar cadastrado na Unidade de Saúde da Família de referência, ser diagnosticado e fazer o acompanhamento pela equipe de Saúde da Família. “Um programa importante na vida de cada pessoense. Para nós é isso que faz sentido ser agente político. É nessas horas que faz todo sentido e a gente se sente útil. Ao poder trazer esses dez milhões para fazer a diferença na vida das pessoas, no seu dia a dia, isso nos motiva a trabalhar, sobretudo numa parceria tão importante como essa no resgate de um programa tão importante como o Remédio em Casa”, disse Aguinaldo. O empenho de recursos do deputado deve garantir a manutenção do programa no primeiro ano de funcionamento.

Programa ‘Remédio em Casa’ beneficia centenas de usuários em João Pessoa

O programa ‘Remédio em Casa’, implantado pela Prefeitura de João Pessoa, já beneficia centenas de usuários em apenas uma semana. Neste primeiro momento, estão recebendo os medicamentos uma média de 50 pessoas a cada dia, entre usuários acamados e domiciliados (aqueles com problemas de locomoção que estão impedidos de sair de casa). O programa ‘Remédio em Casa’, uma das principais políticas públicas defendidas pelo prefeito Cícero Lucena, garante a entrega em domicílio de medicamentos para diabetes e hipertensão.

Daniella Ribeiro participa de lançamento do programa ‘Remédio em Casa’ anunciado hoje pelo prefeito Cícero Lucena

O valor vai ser usado na logística e na compra de medicamentos, segundo destacou o prefeito Cícero Lucena. No evento, o prefeito agradeceu o empenho de Daniella e disse que a retomada do programa é de grande importância para pessoas que hoje precisam comprar medicamentos para doenças como hipertensão e diabetes. Idosos serão os primeiros a serem atendidos pelo programa. Poderão ter acesso pessoas com diagnóstico de hipertensão e diabetes que sejam acompanhadas pelas Unidades Básicas de Saúde do Município.

Prefeitura de João Pessoa lança programa ‘Remédio em Casa’

De acordo com o plano, a gestão estará disponibilizando anti-hipertensivos e antidiabéticos orais (medicamentos de uso contínuo) para cerca de 60 mil pessoas. A expectativa é que as entregas comecem em outubro. Poderão ter acesso hipertensos e diabéticos que sejam acompanhados pelas Unidades Básicas de Saúde da capital. Para ser beneficiado pelo programa, o cidadão precisa ser cadastrado na Unidade Básica de Saúde, estar diagnosticado e fazer o acompanhamento pela equipe de Saúde da Família. A entrega poderá ser mensal, trimestral ou semestral, dependendo do caso.
- Advertisement -

Últimas Notícias

Pedro defende redução do ICMS sobre os combustíveis e cobra decisão do governador

Com a inflação em alta e o poder de compra da população cada vez menor, reduzir impostos deve ser...
- Publicidade -

A PARTIR DE SEXTA: Uso de máscaras volta a ser obrigatório na UEPB

A Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) tornou obrigatório, nesta quinta-feira (30), em todos os ambientes abertos e fechados, de todos os seus campus, o...

AUMENTO INDEVIDO: Padarias são notificadas pelo Procon-JP sobre preço do pão francês

A Secretaria Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor notificou 10 padarias da Capital que estão comercializando o quilo do pão francês (pão de...

BEM ESTAR: Spas de João Pessoa contam com chás especiais da Tea Shop

Em João Pessoa, as bebidas da Tea Shop, maior rede de chás premium do Brasil, já podem ser encontradas em outros locais além da...

Sistemas de Comunicação ressaltam importância do 1º Prêmio Unimed João Pessoa de Jornalismo

O brasileiro confia na imprensa para se informar sobre saúde. É o que revelou um estudo feito pelo Instituto Reuters para Estudos de Jornalismo...