João Pessoa 26.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 32.66ºC
IBOVESPA 122764.98
Euro 5.6032
Dólar 5.1602
Peso 0.0058
Yuan 0.7119
Teoria das “Cinco Linguagens do Amor” é utilizada em sala de aula para melhorar relação entre alunos e professores
31/03/2023 / 18:42
Compartilhe:

O Colégio GGE, que chegou a João Pessoa em 2023, traz consigo inovações para a educação. Um desses conceitos é a utilização, em sala de aula, da teoria das “Cinco Linguagens do Amor” para trabalhar o lado socioemocional dos alunos. A teoria, criada pelo conselheiro Gary Chapman, visa identificar as formas como as pessoas entendem, sentem e demonstram o amor.

As cinco linguagens do amor se dividem em atos de serviço, dar presentes, toque físico, tempo de qualidade e palavras de afirmação. Cada uma dessas linguagens representa a maneira como uma pessoa expressa e entende o amor. Por exemplo, para alguém que tem a linguagem do amor por palavras de afirmação, a comunicação e o reconhecimento são essenciais para se sentir amado.

Segundo a professora de socioemocional do Colégio GGE João Pessoa, Izabel Nicolau, compreender essas linguagens é fundamental para os professores lidarem melhor com seus alunos.

“Hoje, vejo que muitas escolas utilizam muito de palavras de afirmação como forma de demonstração de amor e carinho com os alunos. Acho muito importante porque demonstrar em frases, em elogios, em reconhecimento, em forma de palavras, ajuda bastante também. Mas é importante o professor tentar conhecer um pouco dos seus alunos e saber que cada um tem uma forma de demonstrar amor e respeitá-la sempre!”, pontua a professora.

De acordo com Izabel, dinâmicas com as turmas também são realizadas para aprimorar as habilidades socioemocionais dos alunos.

O Colégio GGE também dispõe de programas específicos de socioemocional em seu currículo. Para desenvolver essas competências, os alunos são incentivados em aulas a reconhecer sentimentos e emoções, gerenciar conflitos, agir orientado pela empatia e ética, entre outras habilidades.

A “Trilha Socioemocional”, por exemplo, oferece projetos pensados especificamente para as necessidades de cada fase do aluno e o acompanha durante toda a sua trajetória escolar. Para o Ensino Médio, há o “Projeto de Vida”, que foi desenvolvido com base na nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação.

A educação socioemocional na infância e adolescência é fundamental para o desenvolvimento integral do indivíduo, uma vez que contribui para o aprendizado de habilidades emocionais e sociais necessárias para lidar com os desafios da vida e estabelecer relações saudáveis com outras pessoas.

Nas escolas, essa educação se torna ainda mais importante, já que o ambiente escolar é um espaço propício para o desenvolvimento dessas habilidades, possibilitando aos estudantes a prática de valores como a empatia, a colaboração, o respeito mútuo, a redução do bullying, e a formação de cidadãos mais responsáveis e conscientes.

Teoria também pode ser usada em casa pelos pais

A teoria das cinco linguagens do amor também pode ser aplicada em casa pelos pais, pois essa ferramenta ajuda a entender melhor as crianças e aprimorar o diálogo e a convivência familiar. Adaptar e entender a linguagem de amor de cada filho é uma forma de fortalecer os laços familiares e garantir uma relação mais saudável.

Sobre o GGE

Com a nova unidade em pleno funcionamento em João Pessoa, o Colégio GGE quer trazer os bons resultados obtidos com alunos de Pernambuco para a capital paraibana. A rede completou, neste mês de março, 27 anos de história.

O sucesso do Colégio GGE vem da sua metodologia de ensino própria, apoiada por uma equipe de professores altamente capacitados e pelo Sistema de Gestão Pedagógica V4, que é referência no Nordeste.

Mais Informações:

Site: gge.com.br/web/unidade-joao-pessoa

Telefone: (83) 3142-0081