João Pessoa 22.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 20.11ºC
IBOVESPA 121407.33
Euro 5.7659
Dólar 5.3016
Peso 0.0059
Yuan 0.7316
Torcedora que fez topless, atitude proibida no Qatar, desaparece
20/12/2022 / 17:17
Compartilhe:

Uma torcedora argentina está sumida desde que foi assistir a final da Copa do Mundo no estádio Lusail, no Catar, no último domingo (18). Na ocasião, ela fez um topless para comemorar um dos gols da sua seleção, e, em seguida, foi retirada do local por seguranças.

O tablóide britânico “The Sun” informa que a a torcedora violou gravemente as rígidas leis de vestimenta do país do Oriente Médio, ao celebrar o pênalti convertido por Gonzalo Montiel, que decretou o título argentino. Ela cobria os mamilos com bandeiras argentinas pintadas.

“A única maneira pela qual a mulher poderia evitar a prisão é se um juiz mostrasse misericórdia e a punisse com uma multa pesada”, escreveu o diário britânico.

Agentes disfarçados do governo estavam nos estádios da copa para coibir os torcedores mais exagerados. Uma das imagens da torcedora divulgada em redes sociais mostra que ele estava sendo observada por pelo menos um homem dentro do campo.

Imagens no Twitter mostraram que duas torcedoras fizeram topless, mas não há informações sobre o que aconteceu com a segunda.

A imprensa argentina diz que as duas torcedoras foram identificadas como Milu e Noe.

A última fez uma postagem no Instagram após o jogo afirmando que “os campeões comemoram como quiser”. Já Milu, que seria a detida, não posta na rede social desde um registro na arquibancada durante o jogo contra a França.