UFPB define calendário do próximo semestre letivo suplementar

Período ocorrerá no formato remoto, com possibilidade de realização de atividades híbridas ou presenciais, em caráter excepcional

O calendário acadêmico para o semestre suplementar 2021.1 foi aprovado pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Consepe) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) em reunião realizada na última segunda-feira (7) e publicado nesta quarta-feira (9) na página da Pró-Reitoria de Graduação (PRG). O novo período letivo terá início no dia 9 de agosto e seguirá até 16 de dezembro, quando acontece o registro de médias finais no Sigaa, sendo que as aulas vão até 9 de dezembro.

O novo calendário para o semestre regular 2021.2 dos cursos de Educação a Distância (EaD) também foi aprovado pelo Consepe na mesma reunião.

Em virtude da situação epidemiológica da pandemia, o período suplementar 2021.1 ocorrerá de forma remota, por meio de atividades síncronas e/ou assíncronas.

Leia Também

Excepcionalmente, os departamentos poderão ofertar componentes curriculares em modalidade híbrida ou presencial, desde que todas as condições de biossegurança sejam respeitadas.

Não serão realizados cancelamentos de vínculo com a UFPB por motivos de abandono, decurso de prazo ou insuficiência de desempenho acadêmico no Período Suplementar 2021.1.

Entre as disposições da resolução, está a faculdade, aos discentes, de cursarem atividades oferecidas, componentes curriculares ou outras atividades de ensino ofertadas. Além disso, é possível, excepcionalmente, a manutenção da assistência estudantil em caso do não cumprimento de créditos, matrícula em componentes curriculares ou exercício de atividades de ensino, pesquisa e/ou extensão ofertadas, desde que analisada e autorizada pela Pró-Reitoria de Assistência e Promoção ao Estudante (Prape).

A matrícula dos ingressantes e a solicitação de matrícula dos estudantes veteranos de cursos presenciais ocorrerá, de forma online, no período de 26 a 30 de julho, por meio do Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmica (Sigaa).

O atual semestre letivo suplementar 2020.2 dos cursos presenciais se encerra no próximo dia 19 de julho. Já o início do período letivo 2021.2 está previsto para o dia 21 de fevereiro de 2022.

Todas as informações e o calendário completo podem ser consultados nas resoluções publicadas na página da PRG.

Educação a Distância

No caso dos cursos de Educação a Distância (EaD), o semestre letivo que começará em 9 de agosto será o período regular 2021.2, que também seguirá até 16 de dezembro (registro de médias finais no Sigaa), com término das aulas no dia 09 de dezembro de 2021. A solicitação de matrícula para o novo período deverá ser efetuada de 28 a 30 de julho, pelo Sigaa.

Excepcionalmente, as atividades presenciais previstas para o novo período poderão ocorrer na modalidade remota, enquanto as atividades presenciais de disciplinas práticas – incluídos os estágios – devem seguir as condições de biossegurança e as determinações da bandeira do município e do estado onde serão realizadas.

O atual semestre regular 2021.1 dos cursos EaD termina no próximo dia 4 de julho. Já o início do período letivo 2022.1 está previsto para 21 de fevereiro de 2022, mesma data em que está previsto o começo do semestre 2021.2 da graduação presencial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Festival In-Edit começa nesta quarta com 50 documentários musicais

Toda a programação do festival pode ser consultada no site do In-Edit. Alguns filmes também poderão ser acessados na plataforma do Sesc Digital e no canal Tamanduá com acesso gratuito. Após o dia 28 de junho, 11 filmes nacionais ficarão disponíveis na plataforma Spcine Play, também com acesso gratuito.

Vacinado, João Azevedo começa a mexer peças no tabuleiro

O evento para a entrega de caminhões e equipamentos destinados à agricultura familiar no Centro de Convenções, em João Pessoa, mostrou nesta segunda-feira que após tomar as duas doses de Coronavac o governador João Azevedo quer se reaproximar da sua base política. Não que tenha estado tão distante, mas durante a pandemia as audiências foram suspensas e o contato olho no olho só retornou recentemente após o governador ser totalmente imunizado.

João Azevedo e o mapa de 2022

Esse é o x da questão. Tecnicamente, sua experiência é invejável, já politicamente, sua liderança está em construção, embora tenha passado por testes importantes.  Na fase inicial da gestão, lidou com a operação Calvário que arrastou Ricardo Coutinho e nomes importantes da primeira formação do seu secretariado saindo sem arranhões. O vendaval da operação emendou com a pandemia do Coronavirus e Azevedo após 14 meses fez o dever de casa sem prejudicar a gestão fiscal.

Wilson Santiago propõe pagamento de 12 meses de salário mínimo para desempregados com imposto arrecadado de grandes fortunas

Terá direito ao benefício, de um salário mínimo mensal, a pessoa comprovadamente desempregada, e obrigatoriamente inscrita em cursos de formação e capacitação profissional, com duração de até 12 meses. A proposta em análise na Câmara dos Deputados prevê a criação, por meio de lei complementar, do Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF). O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Santa Rita é a primeira cidade da Paraíba a pagar a parcela do 13º salário

Receberam na última segunda-feira (7) os aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência (IPREV) e nesta terça-feira (8) os servidores de todas as secretarias e órgãos do município. A cidade é a primeira na Paraíba a efetuar a operação, que injetará 4,7 milhões na economia municipal. “Mesmo diante dos efeitos da crise da pandemia, estamos conseguindo antecipar a primeira parte do décimo do funcionalismo para beneficiar famílias e a economia santa-ritense como um todo” - afirmou o prefeito.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#