25.1 C
João Pessoa
23.9 C
Campina Grande
9.5 C
Brasília

UFPB e Fapesq firmam acordo para concessão de bolsas de mestrado e doutorado

Recursos são destinados a oito programas de pós-graduação e somam R$ 2,5 milhões

A Universidade Federal da Paraíba (UFPB) assinou, nesta quinta-feira (8), um acordo de cooperação técnica com a Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) para concessão de apoio financeiro a programas de pós-graduação da Universidade. Além de 40 bolsas para estudantes, os recursos incluem verba para custeio das atividades de pesquisa.

Por meio do acordo, assinado pelo Reitor da UFPB, Prof. Valdiney Gouveia, e pelo Pró-reitor de Pós-Graduação (PRPG), Prof. Fernando Perazzo, estão sendo destinados aproximadamente R$ 2,5 milhões para o financiamento de atividades em oito programas de mestrado e doutorado, emergentes e em consolidação, inseridos em eixos considerados estratégicos para o desenvolvimento da Paraíba – “segurança hídrica e conservação ambiental” e “diversificação produtiva”.

Leia Também

O apoio financeiro é parte de um programa de desenvolvimento nacional implementado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), em parceria com a Fapesq, na Paraíba, e contemplou as demais instituições públicas de ensino superior – Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Instituto Federal da Paraíba (IFPB) e Universidade Estadual da Paraíba (UEPB).

Dos recursos disponibilizados para a UFPB, cerca de R$ 2 milhões são destinados para a concessão de 35 bolsas de mestrado e cinco bolsas de doutorado, distribuídas entre os oito programas. Concedidas pela Capes, as bolsas para estudantes que ingressaram este ano nos programas de pós contemplados ocorrerá a partir da próxima semana, segundo o Pró-reitor de Pós-Graduação.

Ainda de acordo com Prof. Fernando Perazzo, o restante do valor (aproximadamente R$ 532 mil) será gerido pela Pró-reitoria e é direcionado para o custeio das atividades de pesquisa dos programas, incluindo, por exemplo, aquisição de material de consumo, taxa de publicação de artigo científico em periódicos e taxas referentes à tramitação de patentes.

“Esse recurso é muito importante para o fortalecimento de todos os programas de pós-graduação contemplados no edital e vai mostrar a importância dessas pesquisas para a sociedade, uma vez que estão inseridas em eixos estratégicos para o desenvolvimento do Estado”, destacou o Prof. Perazzo.

Programas da UFPB contemplados com bolsas e verba de custeio

Eixo: segurança hídrica e conservação ambiental

Programa de Pós-Graduação em Biodiversidade (Areia)

Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia

Programa de Pós-Graduação em Energias Renováveis

Programa de Pós-Graduação em Tecnologia Agroalimentar (Bananeiras)

 

Eixo: diversificação produtiva para o desenvolvimento social e urbano da Paraíba

Programa de Pós-Graduação em Modelagem Matemática e Computacional

Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção e Sistemas

Programa de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica

Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

15 possíveis temas de redação para o Enem 2022

O Portal Nacional da Educação divulgou uma lista com os possíveis temas de redação para as provas do Exame...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

Vídeo: Presidente da Assembleia de Deus em Campina Grande chama fiéis de “lixo”

Mulheres cristãs que usam brinco e calças apertadas são um "lixo", pelo menos na visão do pastor e presidente da Assembleia de Deus em...

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 

Pastor da primeira-dama Michelle Bolsonaro declara apoio a Sérgio Queiroz

O pré-candidato ao Senado pelo PRTB, Sérgio Queiroz, recebeu mais um apoio nacional. O pastor da primeira dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, Josué Valandro...
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#