João Pessoa 23.13ºC
Campina Grande 20.9ºC
Patos 20.84ºC
IBOVESPA 119630.44
Euro 5.7882
Dólar 5.441
Peso 0.006
Yuan 0.7499
Uma dica dos pesquisadores da Universidade de Washington para quem não consegue dormir
14/12/2022 / 08:25
Compartilhe:

Pesquisadores da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, têm uma dica para pessoas com dificuldades para dormir: se expor mais à luz solar, mesmo em dias nublados.

Publicado na revista científica Journal of Pineal Research e divulgado pelo jornal O Globo, o estudo foi realizado com 507 alunos de graduação da Universidade de Washington, entre 2015 e 2018. Os pesquisadores usaram monitores de pulso para medir os padrões de sono e a exposição à luz.

“Nossos corpos têm um relógio circadiano natural que nos diz quando ir dormir à noite. Se você não se expõe à luz o suficiente durante o dia quando o sol está alto, isso ‘atrasa’ seu relógio e atrasa o início do sono à noite”, disse o autor sênior Horacio de la Iglesia, professor de biologia da Universidade de Washington.

A orientação dos autores é que as pessoas saiam de casa e se exponham à luz natural, especialmente pela manhã, o máximo possível. Incluindo em dias nublados e chuvosos. Minimizar o tempo de tela e a iluminação artificial pela noite também ajudam a adormecer mais rápido.

“A luz durante o dia – especialmente pela manhã – avança seu relógio, então você se cansa mais cedo à noite, mas a exposição à luz no final do dia ou no início da noite atrasará seu relógio, atrasando o horário em que você se sentirá cansado. Em última análise, o momento em que você adormece é resultado do empurrão e puxão entre esses efeitos opostos da exposição à luz em diferentes momentos do dia”, explica o pesquisador.