23.1 C
João Pessoa
20.9 C
Campina Grande
11.5 C
Brasília

Unifacisa perde para o Minas e está fora da Copa Super 8

O torneio eliminatório que reúne as oito melhores equipes do primeiro turno do NBB e garante ao vencedor uma vaga para a Basketball Champions League das Américas.

O basquete Unifacisa entrou em quadra na noite deste sábado (15), para enfrentar o Minas Tênis Clube, em sua segunda participação na Copa Super 8. O torneio eliminatório que reúne as oito melhores equipes do primeiro turno do NBB e garante ao vencedor uma vaga para a Basketball Champions League das Américas.

O confronto em Belo Horizonte foi marcado pela ausência de jogadores importantes para os dois lados, com atletas que testaram positivo para a Covid-19. Do lado da Unifacisa, Gerson e André Góes desfalcaram o time de Campina Grande.

Leia Também

As equipes protagonizaram um dos melhores jogos da primeira etapa do campeonato nacional, com defesas muito intensas que tornam o confronto bastante equilibrado. Nesta partida pela Copa Super 8 não foi diferente, os desfalques não impediram os times de mostrarem um grande jogo de basquete, que foi disputado até a posse de bola final. Apesar dos paraibanos terem feito um último período exemplar, a equipe mineira foi mais consistente, conseguiu a vitória pelo placar de 88 a 84, e segue no torneio para enfrentar o Flamengo. A Unifacisa agora volta para Campina Grande já visando o returno do NBB.

Os destaques da partida ficaram por conta de Antônio, cestinha da partida, com 21 pontos, 3 rebotes e 21 de eficiência. Trevor Gaskins, com 17 pontos e 7 rebotes. Guilherme Hubner, com 14 pontos e 7 rebotes e Kevin Crescenzi, com 14 pontos, 5 rebotes e 3 assistências.

O Jogo

O Minas inaugurou o placar da partida com Alexei, para dois pontos, mas a Unifacisa respondeu logo na sequência com Cubillan, que veio de grande partida contra o Cerrado no encerramento do turno, para três pontos. Mesmo sem a presença do seu principal pivô, o time paraibano optou pelas jogadas bem trabalhadas dentro do garrafão ou ataques rápidos em transição, para pontuar. Já o Minas apostou na força de seus arremessadores, recorrendo aos chutes de média distância e com um aproveitamento acima dos 60% nas bolas do perímetro, o time mineiro conseguiu construir sua vantagem no marcador.

A equipe campinense trouxe uma forte defesa para quadra, mas pecou nos rebotes defensivos, oferecendo novas oportunidades para o Minas em várias descidas, o time adversário soube aproveitar esses momentos para seguir controlando a partida e ampliando sua vantagem ao fim do primeiro tempo.

As equipes voltaram do vestiário com tudo e os fãs do basquete foram presenteados com lindos lances dentro de quadra. As orientações do técnico César Guidetti deram resultado e a Unifacisa entrou em quadra mais focada e valorizando cada posse de bola, buscando diminuir a diferença no placar.

A equipe do Minas seguiu com seu excelente aproveitamento nos arremessos de quadra, com destaque para os chutes de 3 pontos. Mas a Unifacisa não se deu por vencida, a equipe fez um último período exemplar. Com muita intensidade e com uma postura ofensiva bem mais agressiva, a Unifacisa buscou a diferença e assumiu a liderança no placar, faltando 3 minutos para o fim do jogo, colocando fogo de vez na partida.

Daí para frente a partida virou um verdadeiro jogo de xadrez, onde cada posse de bola poderia custar a vitória. As equipes trocaram cestas durante o restante do confronto. A Unifacisa ainda teve a última bola do jogo nas mãos, mas não conseguiu converter o arremesso e acabou perdendo para o Minas pelo placar de 88 a 84.

“Tivemos um início de jogo um pouco travado, pecamos um pouco nos rebotes e isso foi o suficiente para o Minas abrir uma vantagem. Voltamos muito melhores no segundo tempo, principalmente no último quarto, onde conseguimos ser bem mais eficientes e até assumimos a liderança em determinado momento, mas foram os detalhes que acabaram nos custando a vitória. Parabenizamos a equipe do Minas, que fez um grande jogo, tem uma equipe muito forte e seguem no torneio”, comentou o pivô da Unifacisa, Guilherme Hubner.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

15 possíveis temas de redação para o Enem 2022

O Portal Nacional da Educação divulgou uma lista com os possíveis temas de redação para as provas do Exame...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

Pastor da primeira-dama Michelle Bolsonaro declara apoio a Sérgio Queiroz

O pré-candidato ao Senado pelo PRTB, Sérgio Queiroz, recebeu mais um apoio nacional. O pastor da primeira dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, Josué Valandro...

7 carros que serão lançados no Brasil ainda em 2022

Mesmo com restrições causadas pela pandemia, 2021 teve lançamentos “de peso” ao longo do ano, como os SUVs Fiat Pulse, Toyota Corolla Cross, Jeep...

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#