22.1 C
João Pessoa

Unimed anuncia investimentos de R$ 1,5 bi e amplia serviços da rede

Sistema de cooperativas médicas completa 50 anos de presença nacional cobrindo mais de 4,7 mil municípios brasileiros

O Sistema Unimed alcança, neste mês, a marca de 14 novos hospitais entregues em todo o país desde o início da pandemia de Covid-19. As unidades representam a abertura de mais de 1,1 mil leitos em oito estados, com investimentos estruturantes avaliados em R$ 1,5 bilhão para a expansão da capacidade assistencial. Até 2023, mais quatro hospitais devem entrar em operação. O anúncio coincide com outro marco histórico para as Unimeds: a rede de cooperativas médicas iniciou sua expansão pelo Brasil há exatos 50 anos e, atualmente, cobre mais de 4,7 mil municípios brasileiros, 86% do total.

“O maior legado desse período é termos contribuído para interiorizar uma atenção à saúde de qualidade no país. Nossas cooperativas impactam diretamente o desenvolvimento econômico e social do entorno, gerando empregos, mobilizando a cadeia de serviços e aportando tecnologia”, analisa Omar Abujamra Junior, presidente da Unimed do Brasil, confederação que representa o sistema. “São investimentos relevantes para o setor de saúde brasileiro, que estão sendo feitos pelos nossos médicos cooperados”, ressalta.

Leia Também

Impacto setorial

A ampliação dos serviços também contribui para consolidar a liderança na saúde suplementar. As Unimeds atendem a 18,3 milhões de beneficiários de planos de saúde, ou 38% do mercado. Desde junho de 2020, quando o setor voltou a crescer, as carteiras registram um saldo positivo de 680 mil novos clientes. “Nossa qualidade médica, a capilaridade da rede e o relacionamento próximo com as comunidades são diferenciais imbatíveis da Unimed”, avalia Omar Abujamra.

Omar Abujamra Junior, da Unimed do Brasil: qualidade médica, presença em todo o país e proximidade com as comunidades diferenciam as cooperativas – Divulgação

Com essa abrangência, as Unimeds injetam mais de R$ 56 bilhões por ano no sistema de saúde. São quase 2,5 mil hospitais credenciados em todo o país. A rede própria, formada por 152 hospitais e hospitais-dia, além de clínicas, unidades de urgência e centros de diagnóstico, complementa os serviços de forma estratégica. O impacto em geração de trabalho e renda também é relevante. O sistema reúne 118 mil médicos cooperados e gera mais de 134 mil empregos diretos. Levantamento feito com 119 cooperativas aponta que, desde o último ano, mais 13 mil profissionais de saúde foram contratados para reforçar a linha de frente no enfrentamento da pandemia.

Conexão local

Além de manter os investimentos planejados para entrega dos novos hospitais, o Sistema Unimed respondeu à crise com ações de contingência, em mais de 550 iniciativas locais para adequação da rede de atendimento. A capacidade já instalada de leitos de terapia intensiva foi ampliada em 58% e, nos momentos mais críticos, foram montados pelo menos 12 hospitais de campanha, além de serviços de telemedicina e, mais recentemente, a criação de centros de cuidados especializados para acompanhar os pacientes com complicações físicas e emocionais pós-Covid.

A conexão local também se refletiu nos projetos socioambientais. De acordo com o Balanço Social da organização, em 2020, o Sistema Unimed investiu R$ 85 milhões em projetos externos de responsabilidade socioambiental, beneficiando 9,9 mil entidades em todo o Brasil. Na esteira da crise econômica, só as iniciativas assistenciais e de ajuda humanitária mais que dobraram no último ano, beneficiando diretamente cerca de 1 milhão de pessoas. “O engajamento com a sociedade é um dos princípios mais fortes do cooperativismo que vivenciamos no dia a dia”, conclui Omar Abujamra.

Por Metrópoles

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

Pesquisa OPUS: João Azevedo cai e Pedro encosta. Nilvan e Veneziano empatam

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo Portal da Capital, traz os primeiros números do atual cenário da corrida eleitoral...

Resultado de pesquisa para governador da Paraíba já tem data para ser divulgada; veja

A corrida eleitoral para governador e senador na Paraíba vai ter a primeira pesquisa contratada pelas TVs Paraíba e Cabo Branco, que compõem a...

ENQUETE F5: Ricardo Coutinho lidera preferência na disputa ao Senado pela Paraíba

Enquete realizada pelo portal F5 Online sobre intenção de voto para os candidatos ao Senado na Paraíba mostra o ex-governador Ricardo Coutinho (PT) na...

Instituto Opus: Ricardo Coutinho lidera primeira pesquisa para o senado na Paraíba; Efraim cresce

Pesquisa do Instituto Opus, contratada pelo @portaldacapital, traz os primeiros números da Paraíba sobre a disputa ao Senado Federal. O levantamento realizou mil entrevistas...

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#