23.1 C
João Pessoa
20.9 C
Campina Grande
11.5 C
Brasília

VACINAS VENCIDAS: MPF diz que prefeito de Lucena pode ser responsabilizado

O órgão ouviu uma série de pessoas envolvidas direta e indiretamente com o caso.

O Ministério Público Federal na Paraíba (MPF-PB) encerrou nesta semana a fase de depoimentos sobre o escândalo da aplicação de vacinas contra a covid-19 da Pfizer que estavam fora do prazo de validade na população de Lucena, incluindo em crianças de 5 a 11 anos, que receberam imunizantes vencidos e destinados a adultos.

O órgão ouviu uma série de pessoas envolvidas direta e indiretamente com o caso, como a técnica de enfermagem que aplicou as doses, a ex-coordenadora de imunização de Lucena, a mãe que fez a denúncia nas redes sociais, o ex-secretário de Saúde do município e o prefeito.

Leia Também

O MPF informou que o prazo de conclusão da apuração do caso é de 30 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 30 dias. Até o momento, o órgão afirma que não há indicação de que o fato tenha ocorrido em outros municípios, mas que ainda serão solicitados alguns documentos.

O MPF alegou que os dados registrados no Sistema de Informação do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI/COVID), do Ministério da Saúde, ainda não estão qualificados, podendo conter erro de registro e ou, ainda, a duplicação dos dados registrados, visto que o sistema de informação não responde a todas as necessidades para análise de registros.

“Além disso, como é de conhecimento geral, o sistema do MS de registro das doses aplicadas ficou inoperante por 30 dias, impossibilitando o acompanhamento real da evolução dos dados registrados. Reforça-se ainda que o quantitativo de erros de imunização, na faixa etária de 05 a 11 anos do laboratório Pfizer, pode se justificar pelo fato do sistema oficial do Ministério da Saúde ainda não diferenciar a vacina Pfizer adulto e a pediátrica. Portanto, esses dados não condizem necessariamente com a realidade do Estado da Paraíba”, disse

O MPF afirmou que há possibilidade de gestores serem responsabilizados, inclusive o prefeito.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

#PUBLICIDADE#

Mais Lidas

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

DATAVOX: João Azevêdo lidera com 40,7% das intenções de voto na 1ª pesquisa para governo da PB em 2022

Realizada em parceria entre o Instituto Datavox e o portal PB Agora, a pesquisa aponta o deputado federal Pedro Cunha Lima (PSDB) em segundo lugar, com 14,2%. Em seguida vem o senador Veneziano Vital (MDB), com 6,6%, o ex-prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT) com 5,9%, Nilvan Ferreira (PTB) com 3,2% e a vice-governadora do estado, Lígia Feliciano (PDT) com 1%. Indecisos somam 20,3%, enquanto brancos e nulos representam 8,1%.

Pastor da primeira-dama Michelle Bolsonaro declara apoio a Sérgio Queiroz

O pré-candidato ao Senado pelo PRTB, Sérgio Queiroz, recebeu mais um apoio nacional. O pastor da primeira dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, Josué Valandro...

7 carros que serão lançados no Brasil ainda em 2022

Mesmo com restrições causadas pela pandemia, 2021 teve lançamentos “de peso” ao longo do ano, como os SUVs Fiat Pulse, Toyota Corolla Cross, Jeep...

Juliette vira personagem de jogo online desenvolvido por estudante paraibano

“Tenho trabalhado cerca de 6 horas por dia no jogo, todos os dias. Criando o conceito, desenhos, animações, programação e gravando, editando pra postar no Instagram. [Na vida real] é lógico que ela vai sair campeã da casa, a quantidade de cactos [apelido dos fãs da participante] só vai aumentar e ela vai continuar sendo o fenômeno que é, mesmo após o fim do programa”, explica o estudante. 
#PUBLICIDADE#

ACHAMOS QUE VOCÊ VAI GOSTAR

#PUBLICIDADE#