João Pessoa 30.13ºC
Campina Grande 27.9ºC
Patos 34.5ºC
IBOVESPA 124729.4
Euro 5.6025
Dólar 5.1645
Peso 0.0058
Yuan 0.7135
Vai começar a investir? Veja nossas dicas!
01/09/2022 / 16:27
Compartilhe:

Você sempre teve o hábito de poupar dinheiro? Está pensando em investir? Não sabe ainda por onde começar? Então, esse artigo é para você!

Provavelmente, já deve ter percebido que poupar já não é mais suficiente, não garante mais segurança alguma, além de correr o risco de ver seu dinheiro desvalorizar, não é isso? 

Pois é, estamos vivendo um período de crise, com a inflação atingindo patamares insustentáveis, nesse sentido, poupar já não basta para quem deseja garantir tranquilidade financeira, é preciso investir, e com sabedoria.

Investir com sabedoria nada mais é que utilizar seu capital para conseguir um retorno, porém, sabendo dos riscos envolvidos e estar preparado para eles, saber a hora certa de investir e onde investir e, mais, jamais colocar todos os ovos em uma mesma cesta, ou seja, apostar em diferentes tipos de investimentos. 

Quer saber mais sobre como começar a investir? Então, confira essas dicas que preparamos para você!

Estabeleça metas e objetivos

Você já até deve ter ouvido muito esse conselho, e nunca é demais reforçá-lo, pois quem investe precisa ter seus objetivos estabelecidos, sejam eles garantir os estudos, comprar um carro ou imóvel, fazer uma viagem, entre outros.

Para que seus objetivos sejam alcançados, é preciso trabalhar com metas a curto, médio e longo prazo, e são elas que o levarão a ter a disciplina necessária, extremamente importante para quem quer investir de forma racional e proveitosa.

A partir das metas traçadas, então, procurar saber quanto precisará para alcançá-las,  os aportes que terá que fazer e a periodicidade, assim como, o tempo que levará até chegar a esses valores. 

Saiba qual é o seu perfil de investidor

É preciso saber que nem todo investidor tem o mesmo perfil, alguns podem fazer aportes vultosos todos os meses, outros podem , e até gostam, de mercados de alto risco, pois sabem que quanto maior o risco, mais chances de aumentar seu capital. 

Enquanto alguns investidores já contam com um patrimônio relevante e estão dispostos a correr riscos, outros, no entanto, só podem investir o pouco que sobra do salário, e não estão dispostos, e nem podem, correr riscos, assim como, quem está começando agora a investir, preferem não ir com tanta sede ao pote.

Tipos de investimentos

Quem está começando agora a investir, precisa conhecer, basicamente, dois tipos de investimentos: renda fixa e renda variável.

  • Renda fixa: de fácil projeção dos ganhos ao longo do tempo, pois segue taxas predefinidas, oferecendo mais segurança. Não é preciso juntar uma grande soma para começar a investir, pois é possível fazer aportes a partir de R$ 30,00 no Tesouro Direto, por exemplo, um dos investimentos preferidos do grande público, embora não seja o investimento mais rentável, é seguro e previsível.
  • Renda variável: sujeita às flutuações e às intempéries do mercado financeiro. Embora possa significar ganhos elevados, requer estudo, conhecimento no assunto e preparo para aguentar as eventuais perdas. Como investir em ações, câmbio, fundos imobiliários, até criptomoedas, por exemplo, como BITCOIN ou SHIB.

Faça aportes mensais

Se pretende, realmente, entrar para esse mercado, e começar a investir, é preciso que isso seja feito de forma sistemática, caso leve seus objetivos a sério, devendo os aportes serem feitos mensalmente. 

E não cultive a ideia de “se sobrar eu invisto”, é preciso considerar seu investimento prioridade, assim como as contas principais da casa. Pois se trata de metas, de futuro.

Considere abrir mão de passivos financeiros

Muitas vezes seus gastos com alguns bens são bem maiores que seus benefícios, como exemplo, podemos citar os carros, os quais geram gastos com impostos, manutenção e taxas, e os passivos financeiros.

Sem falar na desvalorização ano a no que sofrem. 

É de se pensar se vale a pena ter um carro hoje nos dias atuais? Ou então, mais de um carro, como muitos costumam ter, e que, geralmente, ficam parados nas garagens.

Ou ainda, aquela casa na praia, que ninguém frequenta e que também geram gastos que poderiam ser aplicados. 

O fato é que investir deveria ser levado muito a sério, já que o bom uso do dinheiro pode trazer muitos benefícios, principalmente segurança financeira e qualidade de vida.

Por isso, vai começar a investir? Então, siga essas dicas, estude bastante o assunto e siga em frente!