João Pessoa 26.13ºC
Campina Grande 24.9ºC
Patos 33.33ºC
IBOVESPA 125685.63
Euro 5.9325
Dólar 5.4728
Peso 0.006
Yuan 0.7528
VENEZIANO: ‘Há uma grande possibilidade de que serei candidato’
27/01/2022 / 20:12
Compartilhe:

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) admitiu, na noite desta quinta-feira (27), que “há uma grande possibilidade, uma considerável possibilidade” de ser candidato a governador do Estado nas eleições deste ano, contra o atual governador João Azevêdo (Cidadania).

“Estou sendo muito franco. Há sim consideráveis possibilidades para que estejamos nesse processo. É um sentimento do MDB nacional, é natural que nós compreendamos, até estratégico”, disse em entrevista ao podcast Conectados.

O parlamentar voltou a dizer que as decisões serão tomadas coletivamente, por integrantes do MDB. “Temos que formar uma chapa para a Câmara Federal, uma chapa competitiva para a Assembleia Legislativa, e diante de tudo isso, há uma possibilidade, sim, uma possibilidade considerável”, disse, ao lembrar que é “condutor” do MDB desde a ausência do senador José Maranhão.

Na entrevista, o parlamentar lembrou que ficou 8 meses sem dialogar com o governador João Azevêdo (Cidadania), ao explicar o processo de afastamento com chefe do Poder Executivo. “Minhas obrigações para o Estado e para com o governo foram religiosamente cumprida, e não entendia como essa tornou-se essa relação de uma hora para outra”, considerou.

Veneziano Vital do Rêgo também citou a aproximação do governador com aliados de Romero Rodrigues (PSD) como fator de distanciamento. Segundo ele, a aliança de Azevêdo com os ‘novos aliados’ faz parte de um ‘estilo próprio’ do governador, mas significa um sinal de desrespeito. “É natural a busca por apoios, mas que se mantenham os aliados que chegaram antes, os que são convergentes às nossas ideias”, considerou.

Lula

Veneziano lembrou a visita que fez, recentemente, ao ex-presidente Lula, ocasião em que discutiu o contexto político local. “Essa não é uma decisão isolada, pois quem almeja conquistas para sua experiência política, eu tenho que ouvir. Ora, o MDB tem essa essência democrático e tenho que ouvir os prefeitos, os vereadores, as pessoas que gostam do MDB, e os meus familiares, os meus amigos”, finalizou.

Com informações Polêmica Paraíba