João Pessoa 24.13ºC
Campina Grande 22.9ºC
Patos 31.95ºC
IBOVESPA 118990.25
Euro 5.8576
Dólar 5.4546
Peso 0.006
Yuan 0.7516
Análise: porque o Conde virou fábrica de notícias negativas
27/02/2023 / 20:34
Compartilhe:

Se sabotadores internacionais viessem ao Brasil para criar o caos na imagem do município de Conde — por mais competentes que fossem — não conseguiriam fazer estrago maior que o feito nesses últimos dias.

Comecemos pelos gastos com publicidade e eventos não licitados. Foi preciso uma notificação do Tribunal de Contas do Estado para a prefeitura parar de descumprir a Lei 12.232/10 que obriga os órgão públicos a divulgar suas ações contratando empresas especialistas no assunto.

Puseram um freio na gastança desordenada!

Depois, veio a brilhante ideia de atrair para o Conde os famosos paredões de som, expulsos de Lucena pelo prefeito Leo Bandeira que aboliu o uso de paredão de som automotivo em vias, praças, praias e demais locais púbicos, inclusive postos de combustíveis e estacionamentos. Quem descumprir a medida pode ter o equipamento apreendido e ainda está sujeito ao pagamento de multa, que pode chegar ao valor de R$ 37.490,00.

Pois não é que alguém botou na cabeça da prefeita Karla Pimentel de que seria uma boa levar para o Conde?

Resultado: depois que a população fez barulho e entrou na justiça, a prefeitura teve de improvisar um local no meio do nada para abrigar essa turma do barulho.

Uma gambiarra!

Pra completar, outra ideia de jerico: no dia 17 fevereiro mandou e a Câmara aprovou por unanimidade uma lei que previa a apreensão de animais de médio e grande porte, a eutanásia e leilão dos que fossem encontrados e seus donos não aparecessem.

Foi outro levante de entidades que atuantes na defesa dos bichos que pressionaram a Secretaria de Meio Ambiente e a prefeitura teve que recuar mais uma vez.

Karla é uma grata revelação da política nesses últimos tempos no Conde. Conseguiu driblar as armadilhas do ex-prefeito Aloísio Régis, colocou o município de novo nas páginas de economia e turismo mas começou 2023 com o trem fora dos trilhos.

Sabotagem?

Não se sabe. Se for dos auxiliares, basta dar um freio de arrumação nesse time. Se essas ideias partirem da própria, a coisa ficará mais difícil de resolver.

Conde tem tudo para não ser uma Praia de Pipa, desordenada, suja, de ruas estreitas e transito infernal. Conde está mais para uma Barra de São Miguel em Alagoas com ruas largas, hotéis de charme e muita tranquilidade.

Um espaço para quem quer apreciar a natureza, descansar e conviver com pets, crianças e adultos em busca de saúde mental.

Barulho tem em todo lugar, o silêncio não!

Prefeita, pense nisso! Dá um pulinho ali em Alagoas!