Margarida Maria Alves prestes a ser canonizada

A sindicalista Margarida Maria Alves pode se tornar a primeira santa nascida na Paraíba. O nome da líder está em processo de conclusão de estudo pela Igreja Ortodoxa Autônoma Greco Brasileira, para ser canonizado.

A sindicalista foi assassinada em 1983 na sua cidade natal, Alagoa Grande, Brejo paraibano, na presença do marido e do filho, com um disparo de espingarda no rosto. Margarida marcou sua época por lutar contra a violência no campo.

A Igreja Ortodoxa defende seu nome à canonização por ela ter defendido pessoas humildes, ter enfrentado fazendeiros poderosos, encampado luta pelo direito dos trabalhadores, fim da exploração dos camponeses, a reforma agrária, além de não ter usado a violência para colocar em prática suas ações, conforme explica a Igreja.

O nome de Margarida já foi aprovado e deve ser canonizado em agosto do próximo ano.

#PUBLICIDADE#