26.1 C
João Pessoa
23.9 C
Campina Grande
18.5 C
Brasília

NTU

Sem recuperar passageiros e com novos aumentos do diesel, empresas do transporte público de João Pessoa podem entrar em crise ainda maior

Para contornar a situação, o Sintur-JP propõe ao poder público medidas para enfrentar a crise. Dentre elas estão a desoneração tributária e o custeio das gratuidades. “O transporte coletivo precisa protagonizar a essencialidade que a constituição lhe confere e receber um tratamento à altura. Algumas cidades já reconheceram isso e já desoneraram o setor. Outras também já aliviaram os passageiros pagantes da responsabilidade de arcar com as gratuidades. Além disso, o Governo Federal precisa agir de forma urgente. Sem esses requisitos mínimos, a qualidade do serviço será comprometida”, informou Isaac Júnior Moreira, diretor institucional do Sintur-JP.

Morre o presidente-executivo da NTU, Otávio Cunha; Sintur-JP divulga nota de pesar

Em nota, a direção do Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (Sintur-JP) lamentou, com grande pesar, o falecimento do profissional. "O senhor Otávio foi um exímio dirigente de classe e também atuou por mais de 40 anos como empresário do setor de transporte urbano de passageiros. Ele dedicou sua vida ao setor de transporte público coletivo por ônibus e teve grande êxito em seus desafios. O Sintur-JP solidariza-se com familiares e amigos neste momento de profunda dor e deseja conforto para todos os corações em sofrimento", destacou o Sintur-JP.

Exemplos de subsídios e repasses para o transporte coletivo se espalham pelo país; João Pessoa segue sem aportes

“Exemplos como esses, de Recife e Fortaleza, ilustram bem a necessidade, a urgência e a importância dos poderes públicos agirem de forma a garantir a manutenção e a continuidade de um serviço tão essencial para a população. Por conta da pandemia, que reduziu em 55% o número de passageiros nos ônibus e de uma sequência jamais vista de aumentos do óleo diesel, o transporte coletivo de passageiros no Brasil inteiro mergulhou numa situação que, sem apoio das esferas de governo, não haverá solução possível”, afirmou o diretor institucional do Sintur-JP, Isaac Moreira. O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (Sintur-JP) sustenta que, ao contrário de Recife e Fortaleza, onde esses municípios já agiram para manutenção do serviço e de um custo baixo para a população, na capital paraibana, o sistema opera sem receber nenhum subsídio ou repasse, o que prejudica ainda mais a situação do sistema. “Com essa queda abrupta de passageiros, e como o passageiro pagante é a única fonte de receita do transporte coletivo em João Pessoa, a conta entre receita e custos não fecha e isso é muito preocupante e precisa de ação dos poderes públicos para que não haja comprometimento do serviço para a população”, arrematou Isaac Moreira.

Mais de 40 sistemas de transporte público tiveram subsídios para reduzir o desequilíbrio econômico-financeiro agravado na pandemia

A cidade de João Pessoa ainda não possui subsídios aportados ao seu sistema. De acordo com o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de João Pessoa (Sintur-JP), a criação deste socorro financeiro ao transporte público, que é um direito social garantido pela Constituição Federal, seria benéfico a todos os usuários do sistema. “O transporte público precisa ser visto, na prática, como um direito social e cabe ao poder público a responsabilidade de viabilizar as boas condições do serviço para a população. Qualidade das vias, do trânsito, faixas exclusivas e, principalmente, na atual crise que vivenciamos, o subsídio ao passageiro pagante para manter a modicidade dos preços é fundamental”, disse o diretor-institucional do Sintur-JP, Isaac Júnior Moreira.

Pesquisa revela que risco de contágio em ônibus não é maior que em outros locais com pessoas

A pesquisa foi realizada com dados de passageiros transportados em 15 sistemas de transporte que englobam 171 municípios. Esses dados foram cruzados com registros de casos da doença pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nas mesmas cidades e concluiu-se que não há evidências estatísticas de que uma coisa esteja relacionada com a outra.
- Advertisement -

Últimas Notícias

Escola indígena em Marcação ganhará reforma do governo do estado

Atendendo um pedido do deputado Ricardo Barbosa (PSB), o governo do estado deu início ao processo de licitação para...
- Publicidade -

André Valadão declara apoio a Sérgio Queiroz na disputa pelo Senado na PB

O pré-candidato ao Senado pelo PRTB na Paraíba, procurador Sérgio Queiroz recebeu uma manifestação de apoio do cantor gospel e pastor André Valadão, da...

Operação Luz na Infância: Preso em JP homem suspeito de compartilhar pornografia infantil

Ao menos uma pessoa já foi presa na manhã desta quinta-feira (30), em João Pessoa, no âmbito da "Operação Luz na Infância 9", coordenada...

SÃO JOÃO DE CONDE: Comissão Executiva organiza últimos detalhes para encerramento da festa

A Comissão Executiva responsável pela organização do São João 2022 em Conde esteve reunida nesta quarta-feira (29) com o objetivo de discutir ações para...

PSB anuncia candidatura de Heron Cid a deputado federal

O jornalista paraibano Heron Cid irá disputar as eleições de outubro na condição de candidato a deputado federal pelo PSB. O anúncio oficial acontece em...