João Pessoa 27.13ºC
Campina Grande 26.9ºC
Patos 33.36ºC
IBOVESPA 119582.93
Euro 5.7955
Dólar 5.3959
Peso 0.006
Yuan 0.7438
Vereadores tentam anular sessão que aprovou PL da proibição de crianças na Parada Gay em JP
09/11/2023 / 15:09
Compartilhe:

O projeto de lei que proíbe a presença de crianças em paradas gay em João Pessoa, voltou a ser pauta durante a sessão da Câmara Municipal desta quinta-feira (9).

Alguns vereadores tentaram anular a ata da sessão legislativa da última terça-feira (7), quando foi aprovado, por unanimidade, o Projeto de lei de autoria do vereador Tarcísio Jardim (PP), que proíbe a presença de crianças em parada gay LGBTQIA+, na Capital Paraibana.

O debate começou quando foi colocada em plenário a aprovação da ata da sessão.

O vereador Marcos Henrique (PT), pediu para constar na ata o voto contrário ao projeto de lei de Tarcísio Jardim, alegando que não estava no plenário.

“Queria tirar da ata o meu voto favorável do documento. Eu desejo que tire meu voto, pois não quero passar por esse constrangimento. Vou entrar com um recurso com a mesa para recorrer”, apelou Marcos.

No entanto, a remoção do voto da ata fere o regimento interno da Casa, passando a ser cogitada a anulação do documento.

A ideia foi levantada com apoio do vereador Junio Leandro (PDT), no entanto, o vereador Tarcísio Jardim acusou a manobra como sabotagem para anular o projeto aprovado.

“Se os vereadores não tiveram atenção devida, o problema não é meu e nem da sociedade. Não queiram sabotar com manobra legislativa para sabotar projeto. Agora sabotagem e covardia comigo eu não vou aceitar”, desabafou Jardim.

Depois da discussão, a ata da sessão foi aprovada pelos parlamentares em plenário, com votos contrários de Marcos Henrique e Junio Leandro.

 

F5 com informações do Click PB