Saúde

Paraíba registra 73 óbitos por Covid nesta quarta-feira e bate novo recorde

De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 91 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 849 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Anvisa aprova uso emergencial de vacina da Janssen contra a Covid

A vacina da Janssen já obteve autorização de outras agências regulatórias reconhecidas no mundo, como a EMA (agência europeia) e FDA (Estados Unidos). Também teve aval da OMS (Organização Mundial de Saúde).

João Azevêdo inicia definição de regras para vacinação de profissionais da segurança pública

Neste primeiro momento, serão imunizados os trabalhadores envolvidos no atendimento e transporte de pacientes, em resgates e atendimento pré-hospitalar, nas ações diretas de vacinação contra a Covid-19 e na vigilância das medidas de distanciamento social, com contato direto e constante com o público independente da categoria. Os demais trabalhadores da segurança pública que não se enquadrarem nestas atividades deverão ser vacinados de acordo com o andamento da campanha nacional de vacinação.

João Pessoa começa a vacinar idosos com 60 anos neste final de semana

Até o momento já foram aplicadas 117.635 doses do imunizante na Capital. Desse total, 98.024 pessoas receberam a primeira dose, enquanto que 19.611 pessoas, o complemento. Os dados estão disponíveis no Portal da Transparência da Prefeitura de João Pessoa, com atualização nesta terça-feira (30).

Cabedelo divulga cronograma de vacinação na cidade até o fim de semana

Para aqueles que já receberam a 1ª dose e já soma o tempo de espera (28 dias para Coronavac/Butantan) e (90 dias para a vacina da Astrazeneca/Oxford/FioCruz), basta ir ao Centro de Imunização com a carteira de vacinação para finalizar o processo.

Vacina Pfizer/BioNTech é 100% eficaz em adolescentes de 12 a 15 anos

A norte-americana Pfizer e a alemã BioNTech vão agora submeter os dados às diferentes autoridades de regulação no mundo, "na esperança de começar a vacinar esse grupo etário no início do próximo ano escolar", declarou em comunicado Albert Bourla, diretor-geral do laboratório farmacêutico norte-americano.

Prefeitura de JP reforça convocação para que pessoas tomem a segunda dose da vacina contra Covid-19

Estão sendo disponibilizados quatro postos de vacinação nos seguintes locais: Mangabeira Shopping (Mangabeira), Santuário Mãe Rainha (Aeroclube), Igreja Universal do Reino de Deus (Expedicionários) e Espaço Cultural José Lins do Rego (Tambauzinho). Nos quatro locais, a vacina está sendo aplicada tanto no modelo drive thru quanto para pedestres. O horário de atendimento é das 8h às 12h.

PB: Mais de 70 mil pessoas ainda não tomaram a segunda dose da vacina contra Covid-19

No Brasil, duas vacinas estão disponíveis até o momento – as produzidas pelo Instituto Butantã e pela Fiocruz. A vacina do Instituto Butantã, que é a CoronaVac, tem o intervalo entre as doses de 28 dias. Após 15 dias da Dose 2, a pessoa vai estar imunizada. A Astrazeneca, que é a vacina do laboratório Fiocruz, tem o intervalo entre elas de 90 dias e também após 15 dias da Dose 2 a pessoa deve estar imunizada.

Paraíba registra 70 óbitos por Covid nesta terça-feira e bate novo recorde

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo o estado é de 84%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 93%. Em Campina Grande estão ocupados 80% dos leitos de UTI adulto e no sertão 85% dos leitos de UTI para adultos. Até o momento o estado totaliza 257.620 pessoas confirmadas com a doença.

Cedmex e NAF fecham nesta quarta-feira e reabrem ao público na segunda (5)

O Cedmex e NAF distribuem medicamentos excepcionais e de alto custo, compostos por 196 fármacos, em 387 apresentações farmacêuticas, para atendimento de 84 patologias, em sua maioria doenças crônicas. A suspensão no último dia útil do mês é um procedimento de rotina e acontece periodicamente para contagem do estoque.
#PUBLICIDADE#

Últimas Notícias

Operadoras de internet dizem à CPI que muitas reclamações são causadas por “desconhecimento” de consumidores

Paulo César Alves, gerente da área de atendimento ao cliente, ouvidoria, gestão de reclamações e Call Center da BrisaNet; Marcelo Ricardo, técnico responsável da Online Telecom; e Nieremberg Ramos, consultor em telecomunicações da BR 27 garantiram que os preços ao consumidor não sofreram reajustes nos últimos anos. “Na questão dos preços, a gente só diminui os valores, não consegue aumentar, por causa da concorrência. Precisamos batalhar para entregar mais velocidade pelo mesmo valor”, disse Marcelo Ricardo. Os três representantes alegaram que as informações contratuais são fornecidas de forma clara aos clientes, e que muitas reclamações surgem pelo fato dos consumidores desconhecerem a complexidade do serviço. “O cliente precisa ter consciência do serviço que está sendo contratado, falta esse letramento digital. Muitas vezes é o conteúdo que está sendo acessado que está fora do ar e o provedor acaba levando a culpa. É muito importante que se faça essa discussão para que todos tenham conhecimento sobre o tema”, afirmou Nieremberg Ramos. “Para o consumidor ter acesso a 100% da qualidade do serviço, ele precisa usar em um único equipamento, cabeado. O teste de velocidade só é eficaz se for feito nessas condições. Se o consumidor usa o wifi, ou muitos equipamentos, a velocidade é reduzida”, complementou Paulo César Alves. A proximidade com o consumidor final para solução de conflitos foi apontada como uma vantagem das operadoras de pequeno porte pelos representantes das empresas ouvidas. “Na BrisaNet optamos por não terceirizar serviços para termos total controle de todo o processo. Temos canais para explicar, tentar resolver e, se for necessário, enviar um técnico à casa do cliente sem custo adicional”, afirmou o gerente da empresa.

João Pessoa segue aplicando 1ª, 2ª e 3ª dose contra covid-19 nesta terça; veja grupos

Para receber a primeira dose da vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2 e D3 é necessário o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto, além de comprovação documental para trabalhadores de saúde e imunossuprimidos. Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias atingidas pelos efeitos da pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Defensoria Pública retoma serviços presenciais em Núcleos de Atendimento

As unidades regionais de João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Cajazeiras e Guarabira já estão atendendo presencialmente, mas não excluíram o atendimento por chat e WhatsApp. O retorno é gradual, limitado e segue os protocolos de segurança contra a covid-19. A reabertura não inclui as Salas de Atendimento da DPE-PB que funcionam dentro dos fóruns. Nas comarcas, o atendimento continua remoto, assim como o Fórum de Mangabeira, que atende a população de João Pessoa que reside nos bairros da zona Sul. O defensor público-geral da DPE, Ricardo Barros, explica que o atendimento já vem acontecendo há algumas semanas de forma experimental e que o uso do Chat e aplicativo de mensagem deverá fazer parte da nova rotina de atendimento da DPE-PB. "Para evitar aglomerações nas nossas unidades, os assistidos podem continuar usando os meios virtuais. O Chat continua disponível no nosso site, assim como a lista de contatos de WhatsApp utilizados na pandemia. Esses canais de comunicação que surgiram na pandemia vieram para ficar e não serão desativados com o retorno das atividades presenciais", adiantou.

Conde promove Dia D do Outubro Rosa nesta terça-feira

Entre as 8h e as 15h desta terça-feira, o Ginásio da Praça Central da cidade estará aberto para receber população feminina condense com palestras educativas e a disponibilização de diversos serviços. Serão realizados atendimento médico, psicológico, ginecológico, obstétrico, assistência social (orientação para laqueadura), orientação nutricional, acupuntura, Beta HCG, tipagem sanguínea, teste de covid e massagens, além de exposições educativas para mulheres. “Durante este mês de outubro, a Secretaria de Saúde tem percorrido o município levando ações educativas sobre a prevenção ao câncer de mama, do colo e do útero, e sobre outros tipos de doenças que acometem as mulheres com mais frequência”, explicou a secretaria de Saúde, Vanessa Cintra.

Na Paraíba, Coletivo Online segue com mais de 400 vagas abertas para capacitação de jovens ao primeiro emprego

As inscrições são gratuitas e trazem como pré-requisitos: idade entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. O programa online distribui conteúdos por meio do aplicativo de mensagens WhatsApp, permitindo que o jovem faça o curso de qualquer lugar, a qualquer momento. Ao longo da formação, os jovens terão acesso a temas como: plano de vida, planejamento financeiro, construção de currículo e preparação para processos seletivos. Durante cinco semanas, os participantes recebem 11 videoaulas e atividades para testarem seus conhecimentos no próprio celular. Após a conclusão do curso, os jovens recebem certificado de conclusão e são direcionados para o cadastro no banco de vagas dentro da comunidade exclusiva do Coletivo. A partir daí, eles estão aptos a concorrerem às vagas disponibilizadas por uma rede de 400 parceiros empregadores.
#PUBLICIDADE#