23.1 C
João Pessoa
20.9 C
Campina Grande
12.5 C
Brasília

Qualidade de Vida

Dia Mundial do Coração é celebrado com iluminação vermelha do Congresso

De acordo com o Ministério da Saúde, cerca de 300 mil indivíduos por ano sofrem infarto agudo do miocárdio no Brasil, ocorrendo óbito em 30% dos casos. No contexto mundial, as doenças cardiovasculares são a causa número um de mortes no planeta. Com a chegada da covid-19, a ameaça é dupla, seja por causa do aumento do risco do desenvolvimento da forma grave da doença, seja pelo medo de buscar cuidados contínuos para o coração durante a pandemia. Abandonar o sedentarismo, o consumo excessivo de álcool, carne vermelha e o tabagismo, além de praticar atividade física — conforme orientação médica — e ter uma alimentação saudável são algumas das recomendações do Ministério da Saúde e demais profissionais, que também advertem sobre a importância de ir ao cardiologista e seguir suas orientações.

Atuação do profissional de educação física é destacada nas atividades do João Pessoa Vida Saudável

“Acredito que a importância da nossa atuação no João Pessoa Vida Saudável é proporcionar melhoria da qualidade de vida, da saúde física e mental, influenciando consideravelmente a vida social dos alunos. Vejo que muitos estão ali buscando praticar mais atividade física. Tenho relatos de usuários que mal conseguiam caminhar um quilômetro e hoje participam de corridas de rua”, revelou a educadora física Heloísa Costa.

Correr e pedalar: conheça os benefícios dessas atividades e veja dicas para começar a praticar

O especialista orienta que os exercícios sejam iniciados de forma leve para que o organismo possa se adaptar naturalmente. “Todo início é difícil e doloroso. Sair da zona de conforto não é fácil, porém existe um protocolo que deve ser seguido para diminuir os riscos de lesões ou algo pior. O primeiro passo é procurar um médico para que sejam realizados os exames necessários. Depois disso, é essencial buscar um profissional de educação física que vai prescrever treinos respeitando a individualidade biológica de cada um”, orienta.

Mais popular na pandemia, meditação ajuda no autoaceitação e até no luto

Esquecer o mundo lá fora e concentrar-se apenas em si mesmo tem sido uma tarefa cada vez mais hercúlea em tempos de pandemia. Por isso, muitas pessoas vêm recorrendo à prática da meditação para tentar manter a saúde mental em dia. Dados do Google apontam que as buscas pelo termo bateram recorde no ano passado. Ou seja, desde 2004, quando a empresa passou a fazer o registro, nunca tanta gente se interessou pela prática. O pico foi em abril, logo depois que as medidas de isolamento social começaram a ser adotadas.
- Advertisement -

Últimas Notícias

ATENÇÃO: Defesa Civil reforça monitoramento devido possibilidade de chuvas fortes no fim de semana

As equipes da Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Compdec/JP) seguem em prontidão, intensificando o monitorando as áreas...
- Publicidade -

JOÃO PESSOA: Adolescente é atacado por pitbull em Mangabeira

Um adolescente de 12 anos foi atacado por um cão da raça pitbull em João Pessoa. O caso aconteceu na tarde desta sexta-feira (27)...

Talibãs rejeitam pedido da ONU para reverter restrições às mulheres

Os talibãs rejeitaram hoje (27) um pedido do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) para reverter as restrições impostas às mulheres afegãs,...

4 DE JUNHO: Saúde realiza Dia D de vacinação contra covid-19, influenza e sarampo

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realizará, no dia 4 de junho, o Dia D de vacinação contra covid-19, influenza e sarampo. O...

EDUCAÇÃO: Prefeito assina ordem de serviço para reforma da 35ª escola e entrega mais 300 tablets para estudantes

A força-tarefa da Prefeitura de João Pessoa para reestruturação da Rede Municipal de Ensino continuou na manhã desta sexta-feira (27). Desta vez serão beneficiados...